ago 16, 2018

Guia para ser uma adulta responsável com finanças

Opa, tudo bom?

Eis que você se encontra adulta. Com isso, vem a noção de ganhos e perda de dinheiro, a dinâmica do mercado e nossa postura diante das responsabilidades. Não é fácil ser adulta!

Mas não quer dizer que pode ser superada. Aqui você vai encontrar um guia para ser uma adulta responsável com finanças e ver que ter controle sobre o que ganha te dá uma liberdade bem gostosa!

Então, vamos a que interessa. Vem ver este guia para ser uma adulta responsável com finanças!

foto guia vida adulta #elasonhaelafaz

Começando a vida adulta? Então vem comigo!

  • Você vai precisar de uma reserva de emergência

Quando começamos a vida adulta, vemos o dinheiro caindo na conta e nos achamos incríveis, né? Com certeza você vai se sentir um mulherão quando estiver numa fase ruim e ter um fundo de emergência prontinha. Esta reserva é necessária para todo adulto! Tem algumas formas de ir acumulando este montante e eu vou mostra-la mais para frente. Mas a chave para entender a necessidade deste fundo é compreender a relação entre prazer imediato e prazer futuro. É no prazer imediato que você vai gastar em coisas que possuem valor positivo para você somente naquele momento em que você compra. Depois, provavelmente, este dinheiro gasto irá fazer falta. Já o prazer futuro é a consciência de que o fundo de emergência te dará a sensação prazerosa de segurança e inteligência. Mas para isso deve esquecer o prazer imediato!

  • Pague-se primeiro.

Seu dinheiro só serve para pagar boletos? Então seu dinheiro não é seu. É preciso pagar você primeiro! Isso significa separar um montante para você usar com lazer. Isso também tem a ver com rever sempre com o que você gasta e sua importância no presente e no futuro planejado. Sempre vai surgir oportunidades de ajustar seus gastos de uma forma responsável e alinhado ao seu plano.

imagem-guia-adulta-finanças

Adulta também pode sorrir ao ver seu controle financeiro, tá?

  • A regra 50-30-20 é o lema do adulto

Sabe porquê? O motivo pelo qual este seja o lema do adulto responsável financeiramente é por ser a base da divisão da sua renda. Os números são as porcentagens para cada parte da sua vida. 50% da sua renda deve ser reservada para custos fixos como aluguel, luz, água, transporte, entre outros. Os 30% são reservados para você usar para os seus momentos de lazer. Porque né, a gente precisa viver! E os 20% que sobraram são reservados para serem guardados. Esta é uma dica para você começar a separar montantes para o fundo de emergência e se pagar. Com isso, você tem uma base para também rever seus gastos e observar mês a mês se esta divisão está sendo feita de forma correta. Vai ter mês que você não vai conseguir fazer essa divisão certinha. Tudo bem! Isso acontece e faz parte da vida adulta. Fique atenta com mudanças muito abruptas. Essas sim são perigosas!

Bom, com isso, acredito que todo recém-adulto vai começar muito bem a sua vida! Você vai perceber que a realidade é desafiadora, mas que a sua inteligência e vontade de realizar seus sonhos são ainda maiores!

Espero que tenha gostado! Compartilhe este conteúdo com outros recém-adultos e ajude-os a terem uma vida mais plena. Comente aqui embaixo se você tem sugestões, dicas e críticas.

Um beijo, tchau!

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

http://bit.ly/ListaDaPatri

ago 14, 2018

4 porquês de usar o E-mail marketing na comunicação da sua empresa

Opa, tudo bom?

Durante o trabalho feito aqui no ESEF, eu passo para vocês informações importantes para quem busca abrir seu próprio negócio e quer tornar real seus sonhos. Aqui eu já falei de finanças, vendas, motivação…

Hoje, eu venho falar sobre um componente poderoso na hora de produzir uma estratégia de comunicação. Você pode ser leiga no assunto, mas ainda assim vai perceber que o E-mail marketing tem particularidades que são vantajosas para o seu negócio.

Chega de papo! Saiba os 4 porquês de usar o E-mail marketing na comunicação da sua empresa e entenda de uma vez como esta prática pode te beneficiar. Vamos lá?

  • É um poderoso canal de comunicação

O E-mail marketing é, assim como outros meios de comunicação, importante para a sua empresa. No entanto, o E-mail Marketing se destaca pela forma que atua, estreitando o relacionamento com seu público e, no campo mais prático, promove uma retenção de clientes de mantém a lembrança de marca. Claro que se usado de forma adequada, o que vou comentar mais para frente. Com este mecanismo, a gente tem possibilidade de apresentar-se, oferecer produtos e serviços adequados ao gosto de cada cliente, demonstrar atenção ao seu público, construir uma imagem de marca, entre outros.

  • Mecanismo simples

Se tem uma coisa que ajuda demais uma empreendedora é um mecanismo simples, não é mesmo? Lidando com tanta coisa, ter um meio de comunicação simplificado e poderoso é importantíssimo para o seu empreendimento. É através de ferramentas de envio de E-mail Marketing que você trabalha de forma organizada, rápida e planejada. Além disso, a maioria das interfaces destas ferramentas são intuitivas e oferecem assistência. Com elas, você trata seus leads com responsabilidade e profissionalismo. Tem um estudo que constata que um cliente que teve contato com E-mail marketing tem 20% a mais de chances de converter em uma venda do que um cliente que não teve contato com você através do E-mail Marketing.

  • Alcança os usuários mobile

Um desafio grande para empreendedores é se relacionar com o público através do mobile. Parece fácil, no entanto é preciso conhecer muito bem o público que você está se relacionando. O E-mail Marketing facilita esta comunicação pois seus leads estão verdadeiramente interessados no que você tem a dizer. Outro ponto positivo é a quantidade de pessoas usando o mobile. Segundo o “Google Consumer Barometer”, divulgado no início de 2017, apenas 14% da população possuía smartphones em 2012. Em 2016, esse percentual atingiu 62%. Então, porque não usar este mecanismo para melhorar suas vendas?

  • Você pode mensurar seus resultados

O E-mail Marketing tem todas estas vantagens que eu disse anteriormente. Mas esta é quase a mais importante, e eu vou te dizer o porquê. Em todo e qualquer trabalho de Marketing, é essencial ter mensuração do seu trabalho. Não há como ter evolução, controle e ajuste do seu esforço de Marketing sem um mecanismo de mensuração. A vantagem dos meios online é o alto poder de medir suas ações e o efeito delas, no E-mail Marketing não é diferente. Através das ferramentas de envio de E-mail Marketing, é possível saber quantas pessoas abrem seus E-mails, quem clica aonde, taxa de rejeição… Dessa forma, fica mais claro tomar decisões e ajustar seu trabalho para melhor a comunicação do seu business.

Agora como posso usar o E-mail Marketing?

Se você quer começar a aplicar o E-mail Marketing na sua empresa, deve saber algumas coisas para diminuir os erros no caminho.

  • Continuidade

Para haver um resultado concreto e que dure por um bom tempo, é necessário trabalhar com continuidade no E-mail Marketing. Isso significa que é uma boa prática enviar E-mails com frequência e objetividade. Assim você conquista a primeira vantagem que eu citei no início do texto.

  • Não esqueça do Mobile

Como o mobile é o dispositivo com maior uso pela maioria das pessoas, é uma boa prática montar seu E-mail levando em conta a tela de um smartphone. Ou seja, telas menores requerem texto fáceis de ler e layout limpo, objetivo e leve o bastante para ser carregado nos dados móveis.

  • Consentimento na comunicação

Assim como o seu lead demonstrou interesse ao assinar seu newsletter ele pode, eventualmente, não querer mais receber E-mails do seu negócio. É uma prática respeitosa e transparente com o público, deixar aparente em todos os E-mails que envia, um botão para deixar de receber E-mails. Forçar a barra com E-mails indesejáveis só piora a imagem de marca do seu empreendimento.

  • Um bom assunto é meio caminho andado

Um nome de assunto criativo e interessante para o público já é uma conquista grande, já que diversas outras empresas também estão competindo pela atenção do seu lead. Então, não preciso falar que um assunto de E-mail atrativo é uma boa prática!

É isso. São dicas valiosas que levo para o meu trabalho e acredito que irá dar mais qualidade ao seu trabalho também. Depois me conta o que achou ao aplicar o E-mail Marketing no seu negócio. Compartilhe este conteúdo e ajude mais mulheres a empreenderem e realizarem seus sonhos. Comente aqui embaixo se você tem mais dicas, críticas ou sugestões.

Um beijo, tchau!

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

http://bit.ly/ListaDaPatri

ago 7, 2018

Coisas sobre o empreendedorismo que ninguém te contou!

Opa, tudo bom?

Hoje eu vim aqui inspirada pela Cobizz para compartilhar com vocês coisas sobre o empreendedorismo que ninguém te contou. Pois é! Você que já conhece este espaço incrível de inspiração, motivação e informação chamado #elasonhaelafaz, sabe que levamos para você toda a bagagem de mulheres empreendedoras para que você possa ter o máximo de aproveitamento na sua empreitada.

No entanto, a gente sabe que nem tudo são rosas e é importante mostrar isso para quem está começando, principalmente. A gente que já está na carreira empreendedora, fala muito do “bichinho” do empreendedorismo que pega a gente e com isso, a gente não para nunca de agir e que renova toda a sua vida e tal. Mas também tem os perrengues! E olha, se não fossem eles, muitas carreiras não teriam o sucesso que têm hoje.

Por isso, eu venho aqui para compartilhar com vocês uma entrevista que fiz para o Cobizz, que foi maravilhosa! Lá eu conto das coisas que acontecem por de trás dos stories, feeds e vídeos que vocês veem dos projetos em que estou envolvida. Coisas sobre o empreendedorismo que ninguém te contou! Espero muito que você goste, absorva o mindset que foi crucial para resolver as situações que vivi e leve isso para a sua vida.

Compartilhe este conteúdo para que mais mulheres consigam realizar seus sonhos através do empreendedorismo. Comente aqui e no vídeo se você tem alguma dúvida, pergunta ou sugestão!

Um beijo, tchau!

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

http://bit.ly/ListaDaPatri

jul 25, 2018

4 ações de atendimento que irão transformar seu negócio

Opa! Tudo bom?

Depois de muito vivenciar o cotidiano de uma empreendedora, pude observar mais do que a teoria no quesito atendimento. Prezadas, para mim, a ação ensina muito! O que vocês acham?

E o atendimento tem teoria, tem técnica. Mas também tem todo um feeling que só a ação te ensina. Com esta vivência e experiência, quero mostrar para você 4 ações de atendimento que irão transformar seu negócio. Vamos lá?

Conheça melhor sua cliente

Conhecer o seu público-alvo é muito importante no atendimento. Aliás, não só nesta parte, mas para o negócio como o todo. Isso se reflete no diferencial do seu empreendimento, que já falei sobre isso neste texto aqui. Para atender bem, é preciso saber se relacionar com o público que se interessa no seu produto/serviço. Então, conhece-lo é importante para que tenha um bom relacionamento e possa identificar a real necessidade do seu cliente e, por fim, oferecer o mais adequado. De forma geral, saber o gosto, quais assuntos gosta, idade média, o que não gostam, entre outros pontos.

Ouvir também é uma forma de atender

Num relacionamento, é importante falar bem e de forma adequada ao ambiente, mas também é importante ouvir o que o outro tem a dizer. Para quem atua com atendimento, saber o que a sua cliente realmente quer, como ela se porta (extrovertida, introspectiva) nos dá uma maior clareza na hora de atender bem. Então, procure deixar a sua cliente falar e ser ouvida para que seja mais fácil o trabalho de atende-la.

Insights devem ser compartilhados

Trocar ideias entre as pessoas que compõem a equipe de atendimento é muito importante para o desenvolvimento do trabalho. Durante o atendimento, absorvemos alguns insights que, se não forem compartilhados, podem fazer falta para uma pessoa. Por isso, é interessante, caso tenha uma equipe de atendimento, que façam reuniões semanais para trocar ideias, experiências e dar um tempo para criar conhecimento prático de postura, de vendas, do pós-venda, todas as partes do atendimento.

Supervisionar para crescer

Ter uma pessoa que observa de fora o trabalho realizado ajuda a equipe a se desenvolver, pois assim é possível ter uma visão fora da vivência e analisar as ações de forma mais racional. Porém, o que vai definir o sucesso desta função é como passar as análises para cada componente da equipe. O senso de liderança aqui é primordial! Falar individualmente com cada pessoa sobre seu trabalho dá maior conforto para ambas as partes e evita constrangimentos. Caso queira falar em equipe, não mencionar nomes e procurar ter um discurso proativo, sempre incentivando o trabalho da sua equipe.

Atendimento é um assunto muito amplo. Podemos falar sobre vários pontos! Se você tem interesse, comenta aqui embaixo. Espero que tenha gostado das 4 ações de atendimento que irão transformar seu negócio! Compartilhe este texto para que mais pessoas tenham sua autonomia e realização profissional.

Um beijo, tchau!

jul 16, 2018

você pode aplicar o capital de giro no negócio?

Opa! Tudo bom?

Quando o assunto é abrir o próprio negócio, muitas perguntas surgem e, consequentemente, várias dúvidas aparecem, não é mesmo? Mas, como boa amante da mão na massa e acredito que você também seja, vamos realizando enquanto aprendemos. Mas quando o assunto é finanças, não podemos dar o luxo de ir aprendendo com os erros!

Por isso, para que você possa começar seu empreendimento sem perder dinheiro, vou explicar como você pode aplicar o capital de giro no negócio. Vamos lá?

Pra começar, que negócio é esse de capital de giro, Patricia?

É um montante de dinheiro reservado para o período de tempo entre o pagamento dos seus fornecedores e a compra do seu produto/serviço. Os custos além dos fornecedores virão e seu empreendimento precisa estar preparada para cobri-los. Afinal, dinheiro não cai em árvore!

Um ponto muito importante é que para que você comece a formar o capital de giro, é necessário que o controle financeiro do seu negócio esteja em dia! Tem texto falando sobre isso aqui e aqui. Sabendo disso, agora devemos calcular quando precisamos e por quanto tempo vai durar este período até entrar mais dinheiro no caixa.

Mas calma! Saber isso é mais simples do que você pensa.

Para aplicar o capital de giro no negócio, vamos dar uma olhada no prazo que você tem para pagar suas contas. Por exemplo, você deve ter uma parte com 30 dias de prazo e outra parte com 20 dias. Tirando a média, você tem 25 dias de prazo médio das contas a pagar.

Depois disso, vamos ver como você recebe dinheiro das vendas. Existe um prazo para que seus clientes te paguem? Como funciona isso no seu negócio? Por exemplo, sua empresa tem metade dos recebimentos recebidos à vista e outra metade com 30 dias de prazo. Faremos, então, uma média entre estes prazos, que neste caso dá 15 dias de prazo médio de recebimento dos clientes.

Agora podemos saber o período de tempo que o capital de giro deve cobrir seu negócio. Basta encontrarmos a diferença entre o prazo médio de pagamento e o de recebimento, que neste exemplo deu 10 dias.

Agora você tem uma noção da média de tempo que seu negócio fica sem dinheiro girando para poder cobrir seus custos. Falando em custos, ainda falta saber quanto você precisa para cobrir estes 10 dias sem capital e aplicar o capital de giro no negócio.

Começando pelos custos fixos, quais o seu empreendimento possui? Aluguel, conta de água, luz, telefone, internet… Veja quais são os custos que sempre virão e some estes valores. Assim, você terá o custo fixo mensal.

Depois, vamos ver os custos variáveis. Estes são os custos que dependem do movimento do seu negócio, como matéria-prima, impostos de vendas, entre outros. Faça uma estimativa destes gastos.

Agora que você sabe quanto o seu negócio tem de custo fixo e variável, faça uma média diária com a soma destes custos. Quanto por dia sua empresa precisa para manter estes custos pagos? Conseguiu saber? Ótimo! Agora você vai multiplicar este valor diário pelo número de dias do prazo médio de capital, que vimos anteriormente, lembra?

E agora, Patricia. Eu sei quanto é o meu capital de giro?

Falta pouco! Para aplicar o capital de giro no negócio e funcionar e trabalhar bem, precisa ter um estoque mínimo não é mesmo? Imagina se seu estoque acaba antes do previsto? Como você vai vender? Para isso não acontecer, estabeleça o estoque mínimo para que seu empreendimento funcione bem e veja o quanto isso irá te custar. Depois de descoberto o valor, some com a média diária e aí sim você terá o seu capital de giro!

Com estes dados, você terá mais tranquilidade para lidar com os momentos em que não há entrada de dinheiro no caixa e continuar atuando com o que mais gosta! É importante que você continue mantendo o seu controle financeiro em dia para que possa ajustar o capital de giro de acordo com a atividade do seu negócio. Tenho certeza que isso será de grande ajuda para o crescimento do seu sonho!

E aí, gostou do conteúdo? Compartilhe com outras pessoas. Elas podem gostar tanto quanto você! Tem alguma dica ou sugestão? Comente aqui embaixo que terei o prazer em ler!

Um beijo, tchau!

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

http://bit.ly/ListaDaPatri