nov 27, 2018

Como formalizar seu trabalho?

Opa, tudo bom?

Vim aqui para conversar e tirar algumas dúvidas que possa ter em relação a formalizar seu trabalho.

Muita gente começa a empreender sem a devida formalização do seu trabalho. É comum acharmos que todo este esforço burocrático não vai ajudar em muita coisa e que é mais interessante focar no que estamos mais precisando no momento. Ao contrário do que achamos, formalizar seu trabalho, sendo empresária e autônoma, ajuda você a crescer com mais segurança.

Mas, o que eu sou na verdade: Empresária ou autônoma?

Para começar, as duas coisas são diferentes sim. Quando decidimos trabalhar por conta própria, temos muitos caminhos a serem seguidos. Eu vou explicar aqui as diferenças para ajudar você a formalizar seu trabalho.

Se você possui uma atividade econômica que visa a produção de riqueza através da produção de bens de consumo e de serviços, você está atuando como uma empreendedora. Ainda ficou difícil de entender? Bom, se a sua atividade visa administrar um negócio que é pautado no trabalho, na natureza (recursos) e no capital, você se encaixa na posição de empreendedora.

E será que você é uma autônoma? Bom, se a sua atividade possui natureza intelectual, artística ou literária. No geral, é aquela pessoa que atua sem sócios na colaboração, vendem seus serviços, mesmo que tenha auxiliares com você.

Então, se você trabalha como advogada, por conta própria, possui ou não auxiliares e presta serviços para pessoas ou grupos, então você se encaixa como uma autônoma ou profissional liberal.

Existem também as diferenças quando há organização em grupo de trabalho. Caso você tenha uma atividade econômica junto com outras pessoas, que visa o lucro, através de produção e distribuição de bens e serviços e partilham do retorno financeiro, você e suas sócias se encaixam na configuração de uma sociedade empresária.

Tendo um trabalho em grupo de colaboração e prestação de serviços para pessoas e grupos, de profissão intelectual (gênero), de natureza científica, literária ou artística (espécies), mesmo se contar com auxiliares ou colaboradores, salvo se o exercício da profissão constituir elemento de empresa, está dentro de uma sociedade simples.

Então, como será a forma do seu trabalho? De acordo com cada tipo, uma regulamentação é feita. Assim, você consegue crédito em bancos, exportar seus produtos e serviços, receber subsídios do governo e fechar parcerias. Pense bem em quando irá atuar e formalize seu negócio assim que as etapas que sustentam seu trabalho estejam resolvidas.

Espero que tenha ajudado! Compartilhe este texto com outras pessoas e as ajude também a começarem a ter o seu próprio trabalho. Comenta aqui embaixo se você tem mais alguma dica, sugestão ou dúvida.

 

Um beijo, tchau!

Deixe seu comentário!