Arquivos da tag: Dicas

ago 1, 2018

4 empreendimentos como ponto de transformação

Opa, tudo bom?

Temos vivido a oportunidade de inserir no nosso modo de consumo os nossos ideais de transformação da sociedade, da política, economia, entre outros segmentos. Isso é revolucionário! Está nas mãos de clientes e empresas de arregaçar as mangas e tornar real a mudança que você quer para o mundo.

Bom, isso é muito bonito não é mesmo? Mas até onde podemos ir para tornar nosso empreendimento como ponto de transformação? É isso que quero mostrar com 4 marcas de cosméticos que levantaram a bandeira da proteção do meio ambiente.

Multi Vegetal

A empresa iniciou seus trabalhos atuando como uma alternativa à produtos que causavam inflamação na pele no pós-barba e, com o sucesso do produto, a empresa foi ampliando sua cartela de cosméticos. A Multi Vegetal possui uma linha vegana, livre de parabenos, corantes, carbômeros, etanolaminas, lauril-sulfatos, silicones, fragrâncias artificiais, ingredientes de origem animal e derivados de petróleo. A empresa está na ativa desde 1990 sendo um empreendimento como ponto de transformação!

Weleda

Esta empresa de origem suíça está na ativa desde 1921 sendo um empreendimento como ponto de transformação, com o diferencial de atuar com ingredientes naturais, no segmento de produtos holísticos e produtos farmacêuticos para a terapia antroposófica. Possui alguns valores como a valorização dos recursos limitados do planeta, atuação conjunta com a diversidade cultural e o reconhecimento do fator espiritual para o tratamento do ser humano refletido na pesquisa e desenvolvimento.

Lush

A Lush é uma empresa de cosméticos da Grã-Bretanha que surgiu nos anos 90, também por conta de efeitos adversos de produtos de pele. Através desta oportunidade de negócio, a Lush desenvolveu produtos como shampoo em barra, com aromas exclusivos. Além disso, todos os produtos são livres de testes em animais e 100% veganos, ou seja, não utiliza nenhum ingrediente de origem animal.

Sal da Terra

A empresa brasileira conserva a produção artesanal, feita em pequenos lotes. Esta forma confere o diferencial de lidar com produtos 100% naturais, aromatizados com óleos essenciais e atuação de produtos para crianças, adultos e animais! Além disso, a Sal da Terra também atua com produtos para quem faz Low e No Poo, livre de parabenos e silicones insolúveis, além de ter uma linha de produtos veganos. No site da empresa tem conteúdo para quem está começando a conhecer estes produtos e seus resultados, com um cuidado bem grande com as experiências iniciais.

Bom, o que não falta é exemplo de empreendimentos como ponto de transformação, não é mesmo? Independente de seus ideais, é possível inseri-las no seu empreendimento, torna-la um ponto de transformação real do mundo, além de fortalece-la no quesito diferencial de Marketing! Espero muito que tenha gostado do conteúdo. Compartilhe com suas amigas e veja você ser uma inspiração para outras mulheres empreendedoras. Comente aqui embaixo se você conhece outras marcas com ideais transformadores!

Um beijo, tchau!

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

http://bit.ly/ListaDaPatri

jul 30, 2018

Conheça a rotina matinal de 10 empreendedoras incríveis

Veja como Oprah, Marie Kondo, Nancy Pelosi e outras pessoas se preparam para saudar o dia.

 

A vida seria perfeita se pudéssemos nos levantar naturalmente às 5 da manhã, fazer exercícios por uma hora, tomar um suco verde caseiro enquanto escrevemos em nossos diários de gratidão, fazer com que os pássaros da Cinderela amarrem nossos sapatos e passearmos pacificamente até nosso escritório, não é mesmo? E ainda assim, fazemos coisas que nos desanimam.

Se você está precisando de alguma inspiração de manhã, podemos sugerir que estudemos as rotinas matinais das mulheres icônicas à nossa frente. Alguns são #goals, mas outras são metas fáceis de alcançar.

Outros estão em outro universo (oi, Oprah, meditando casualmente em um bosque de carvalhos?!). Como sempre, pegue o que combina com você e deixe o resto.

Marie Kondo , consultora organizacional e autora

“Eu acordo naturalmente por volta das 6 ou 6:30 da manhã. Eu raramente uso um despertador. Depois de acordar, abro todas as janelas, deixo a brisa entrar e então, queimo um incenso ”, disse a Rainha Tidy ao  The Cut . “Em casa, temos um ‘kamidana’ ao estilo japonês [altar da casa xintoísta]. Na prateleira há um pouco de sal, um pouco de arroz e algumas folhas verdes, e eu vou até lá, renovar as energias.”(…)

“Então vou orar pela saúde da minha família e amigos, e também por mim mesmo para fazer o máximo possível o que precisa ser feito. Isso não é realmente uma coisa religiosa. É só para eu aproveitar esse tempo, todas as manhãs, para sentir gratidão. É uma prática que comecei quando ainda era solteira, talvez cerca de sete anos atrás.”

Julia Hartz, CEO da EventBrite

“6h: ioga, 7h: banho, corrida às pressas, 8h: corrida da escola, 8h30: escritório”, é como ela disse à  Fundação Tory Burch .

Whitney Wolfe , CEO e fundador da Bumble

“A maioria dos meus dias é imprevisível e começa em momentos diferentes, então eu faço o meu melhor para manter uma rotina matinal estável. Eu durmo com as cortinas abertas para se levantar com o sol ”, ela disse à  Entrepreneur.  “ Eu acho que é uma coisa saudável de se fazer, porque mesmo que você não goste de acordar cedo, seu corpo se ajusta.

“Eu tenho um tapete de ioga e uma enorme garrafa de água ao lado da minha cama, então quando eu me levanto, eu bebo e então tento alongar e fazer algum tipo de treino matinal. Eu faço o meu melhor para evitar o mergulho direto ao telefone, porque uma vez que isso é quase impossível escapar.

“Passei os primeiros 30 minutos da manhã conhecendo minha família e meu cachorro – levando-o para passear, passando tempo com meu noivo [agora marido] – antes de entrar em loucura e trabalho. ”

Oprah , lenda, ícone, tudo

– 8:00 da manhã. De manhã cedo, escovo os dentes e tiro os cachorros. Há cinco deles e todos estão prontos para sair, mas eu os faço esperar enquanto escovo os dentes. Depois que eu ando com os cães pelo quintal, eu faço meu café favorito ”, disse o magnata ao  Harper’s Bazaar .

 Eu misturo café expresso descafeinado e com cafeína com leite e um pouco de avelã. Enquanto espero que a bebida ferva, eu pego um cartão da minha caixa “365 Gathered Truths”. Eu leio cinco deles todas as manhãs; é uma ótima maneira de começar o dia. Hoje recebi este grande livro que dizia: “A riqueza não é medida em dólares e centavos, mas pelo amor que fazemos, o riso que desfrutamos, as refeições que compartilhamos, os sonhos que experimentamos e as esperanças que criamos”.

Jayne-Anne Gadhia, CEO da Virgin Money

“Deixado para os meus próprios dispositivos, o que significa assumir que eu não tenho que viajar, eu me levanto todos os dias às 6:20 da manhã. Sem alarme. É exatamente quando eu acordo todas as manhãs, nos finais de semana também ”, disse Gadhia ao  The Guardian. “A primeira coisa que faço é olhar meus e-mails e responder a qualquer problema. Eu não suporto não ter feito nada! Então eu olho para o site de notícias da BBC e depois para o Twitter. Se isso conta como um começo precoce, eu o faço porque sempre gosto de estar no topo do trabalho para poder aproveitar as coisas que não são de trabalho, como tomar café da manhã com a família e conversar com minha filha a caminho da escola, em vez de se distrair com o trabalho. Então meio que me ajuda a ter uma vida normal.

Nancy Pelosi, membro da Câmara dos Representantes dos EUA

“Em uma recente sexta-feira, Nancy Pelosi, a líder da minoria democrata da Câmara dos Representantes, apareceu para a sua caminhada matinal ao longo do Potomac”, Jane Mayer narrou em  The New Yorker.  “Eram nove horas e ela estava acordada há horas. Ela havia lido vários jornais. Seu batom era perfeito, seu cabelo era profissionalmente estilizado e ela usava uma impecável jaqueta branca sobre calças pretas de corrida. “Isso é como o meio-dia para mim”, disse ela. Em vez de carregar pesos quando anda, Pelosi, que tinha setenta e um anos, carrega um iPhone – e o usa incessantemente.

“Durante seus quarenta e cinco minutos de caminhada, ela planeja seu dia, toca na base com sua equipe, faz chamadas de agradecimento aos doadores e acompanha o desenvolvimento da noite para o dia.”

Shonda Rhimes, produtora e escritora de televisão

“Eu tomo café da manhã comigo mesmo, descubro o que vou fazer para o dia … Eu tenho que admitir, praticamente todas as manhãs, eu tenho uma pequena festa de dança … Ultimamente, é com Beyoncé”, disse Rhimes ao  Vulture.  “Então, Beyoncé e eu estamos tendo uma pequena festa de dança todas as manhãs. Estou entrando em formação. E isso geralmente me deixa de bom humor. E então eu saio de casa.”

Payal Kadakia , CEO e fundador da ClassPass

“Como empreendedora, a primeira coisa que faço é verificar meu e-mail e responder rapidamente a qualquer mensagem urgente. A próxima coisa mais importante é o meu treino – eu adoro fazer uma corrida de 30 minutos na manhã, o que me ajuda a acordar e planejar meu dia ”, disse Kadakia à  Refinery29.  “ Se estou com tempo, faço um treino de 10 minutos no meu quarto. (Eu sempre tenho meu tapete de yoga e pesos dispostos.)

“Eu tomo banho com algumas das minhas músicas de Bollywood enquanto penso em grandes reuniões ou decisões que eu tenho que tomar. Depois, eu me preparo enquanto checo intermitentemente meus e-mails, além de embalar meu equipamento de treino ou de dança. Antes de sair do meu apartamento, eu sempre tomo minhas vitaminas e pego algumas frutas. Eu também não posso começar meu dia sem um chá verde citrus da Starbucks – isso faz parte da minha rotina há mais de 10 anos! ”

Katie Couric, jornalista e autora

“Estou bem programado para acordar às 7 da manhã. Hoje de manhã, fui à academia com meu marido (o financista John Molner) por meia hora”, disse Couric ao  Harper’s Bazaar.  “Normalmente, eu ando em volta do reservatório, faço uma aula de spinning no Fly Wheel, alongo-me ou faço yoga e depois tomo banho.

“[Às 9h], tomei um café da manhã com o chefe da minha produtora na Sarabeth’s, que também funciona como meu escritório em casa. É um quarteirão de distância, então eu nunca estou atrasada. Sou uma grande amante de café – avelã com leite desnatado cozido no vapor. Minha máquina de café expresso mudou minha vida. Eu também acho que o café da manhã é importante. (Eu sei, pareço um comercial de cereal.) Para mim, isso geralmente significa cereal kashi com frutas ou um shake. ”

Esther Perel , psicoterapeuta e autora

“Acordei às 7 na maior parte dos dias. A primeira coisa que faço é dizer bom dia ao meu marido. Nós ouvimos um pouco as notícias, dormimos por cerca de 20 minutos e então eu me levanto ”, disse Perel ao  The Cut.  “Nós nos sentamos, conversamos, tomamos café da manhã juntos e depois eu faço exercícios. Eu geralmente faço exercícios com amigos. Corro com um grupo e nadamos. Nós temos uma aula semanal de yoga. E nós vamos para a aula de dança, principalmente salsa e africano. A motivação vem de não fazer alguém esperar por mim.”

jul 25, 2018

4 ações de atendimento que irão transformar seu negócio

Opa! Tudo bom?

Depois de muito vivenciar o cotidiano de uma empreendedora, pude observar mais do que a teoria no quesito atendimento. Prezadas, para mim, a ação ensina muito! O que vocês acham?

E o atendimento tem teoria, tem técnica. Mas também tem todo um feeling que só a ação te ensina. Com esta vivência e experiência, quero mostrar para você 4 ações de atendimento que irão transformar seu negócio. Vamos lá?

Conheça melhor sua cliente

Conhecer o seu público-alvo é muito importante no atendimento. Aliás, não só nesta parte, mas para o negócio como o todo. Isso se reflete no diferencial do seu empreendimento, que já falei sobre isso neste texto aqui. Para atender bem, é preciso saber se relacionar com o público que se interessa no seu produto/serviço. Então, conhece-lo é importante para que tenha um bom relacionamento e possa identificar a real necessidade do seu cliente e, por fim, oferecer o mais adequado. De forma geral, saber o gosto, quais assuntos gosta, idade média, o que não gostam, entre outros pontos.

Ouvir também é uma forma de atender

Num relacionamento, é importante falar bem e de forma adequada ao ambiente, mas também é importante ouvir o que o outro tem a dizer. Para quem atua com atendimento, saber o que a sua cliente realmente quer, como ela se porta (extrovertida, introspectiva) nos dá uma maior clareza na hora de atender bem. Então, procure deixar a sua cliente falar e ser ouvida para que seja mais fácil o trabalho de atende-la.

Insights devem ser compartilhados

Trocar ideias entre as pessoas que compõem a equipe de atendimento é muito importante para o desenvolvimento do trabalho. Durante o atendimento, absorvemos alguns insights que, se não forem compartilhados, podem fazer falta para uma pessoa. Por isso, é interessante, caso tenha uma equipe de atendimento, que façam reuniões semanais para trocar ideias, experiências e dar um tempo para criar conhecimento prático de postura, de vendas, do pós-venda, todas as partes do atendimento.

Supervisionar para crescer

Ter uma pessoa que observa de fora o trabalho realizado ajuda a equipe a se desenvolver, pois assim é possível ter uma visão fora da vivência e analisar as ações de forma mais racional. Porém, o que vai definir o sucesso desta função é como passar as análises para cada componente da equipe. O senso de liderança aqui é primordial! Falar individualmente com cada pessoa sobre seu trabalho dá maior conforto para ambas as partes e evita constrangimentos. Caso queira falar em equipe, não mencionar nomes e procurar ter um discurso proativo, sempre incentivando o trabalho da sua equipe.

Atendimento é um assunto muito amplo. Podemos falar sobre vários pontos! Se você tem interesse, comenta aqui embaixo. Espero que tenha gostado das 4 ações de atendimento que irão transformar seu negócio! Compartilhe este texto para que mais pessoas tenham sua autonomia e realização profissional.

Um beijo, tchau!

jul 23, 2018

3 meios de ser produtiva em casa

Opa, tudo bom?

Diversos modos de trabalho foram surgindo nos últimos tempos e não recebemos nenhuma instrução sobre isso. Até aí, tudo bem. Coisas da vida. Mas isso não quer dizer que não podemos ensinar umas às outras com suas experiências de vida, não é mesmo?

Por isso, eu quero falar para você que já trabalha de home office ou está prestes a trabalhar desta forma, 3 meios de ser produtiva em casa. Vamos lá?

Eu já havia falado sobre isso neste texto, mas acredito que foi pouco diante da quantidade de pessoas que empreendem, são autônomas e trabalham de casa. Se você ainda não viu, recomendo dar uma lida neste conteúdo junto com este. Para ser produtiva em casa não são necessários grandes feitos, mas também não é difícil procrastinar e perder o foco. Então, o lance é manter a disciplina!

 

Se arrume, é hora de trabalhar!

Quem não tem vivência com home office, com certeza já pensou que uma pessoa que trabalha assim vive de pijamas. Você mesmo deve ter pensado isso, não é mesmo? No entanto, para que você seja produtiva em casa, é importante que você se arrume como se fosse sair para um local de trabalho. Tome seu café antes do horário, se arrume e vá ao trabalho. Mesmo que seja só dois passos de distância. Esta é uma forma de “mudar a chave” da mulher comum para ser a empreendedora de sucesso que você também é.

Arrumou a cama no trabalho? Perdeu seu foco!

Se esconda de serviços domésticos

Se tem uma coisa que pode tirar seu foco é uma tarefa doméstica. Uma coisinha aqui, outra ali e lá se vai sua produtividade. Por isso, procure ou faça um local onde não tenha nada que remeta aos seus afazeres de casa. É uma forma de imersão ao ambiente de trabalho produtividade 10/10.

Aproveite a liberdade para criar seu espaço de trabalho

Parece um tópico que eu falei no último texto, mas não é. Não é, simplesmente, fazer um local de trabalho. Aproveite seu poder dentro da sua casa para criar um ambiente que atenda a sua personalidade e te ajude a ser mais produtiva em casa. Por exemplo, se você é daquelas que prefere um local silencioso e clean, monte um escritório que atenda ao seu modo de trabalhar. Mas se você é daquelas que precisam de estímulos e trabalha com criação, um local mais colorido e tal pode ser bom para você.

 

Espero muito que este conteúdo tenha ajudado! Compartilhe com outras pessoas e ajude-as a realizarem-se profissionalmente. Comente aqui embaixo se você tem alguma crítica, sugestão ou só quer dá um alô.

Um beijo, tchau!

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

http://bit.ly/ListaDaPatri

jul 20, 2018

A Lei da Atração realmente funciona?

Opa, tudo bom?

Hoje eu vim aqui para conversar com você sobre um assunto que envolve todo mundo que tem atenção maior ao seu interior.

Quem me acompanha a mais tempo sabe que eu tenho uma ligação muito forte com a lei da atração. Durante toda a minha carreira como empreendedora fui com a crença de que o que você mentaliza e manda para o universo, volta para você. É algo realmente incrível, que muda nossa perspectiva de vida. Se você nunca ouviu falar ou só conhece de nome, recomendo muito que você leia sobre isso. Se quiserem que eu recomende alguns livros, comenta aqui!

Mas, continuando, o ponto que quero chegar é que muita gente que leu e conheceu os fundamentos da lei da atração, tentou aplicar na prática tudo que precisava (mentalizar seus desejos, redirecionar a forma que funciona seus pensamentos para um fim) mas não houve retorno.

Por isso, essas pessoas ficam com dúvidas se a lei da atração funciona com todo mundo. A Lei da atração realmente funciona?

Para vocês que possuíam esta dúvida ou para você que está conhecendo agora a lei da atração, vou dizer para vocês o que acontece. A Lei da atração é como a lei da gravidade, ela acontece independente se o conhecemos ou não. Sendo assim, ela estabelece que o que vem até você é exatamente o que você vibra. De acordo com a frequência que você emite, o universo enviará em retorno tudo que for semelhante, de acordo com a frequência.

Portanto, você emite o que você é, não o que você quer.

Alguns ainda tentam produzir algum direcionamento desta lei mentalizando coisas como um aumento, um trabalho que deseja, uma casa nova. No entanto, pouco fazemos em relação ao que emitimos naturalmente. É esta a vibração que vai dar sentido à lei e, portanto, ser a causa da realidade que temos. Ter consciência disto não é fácil. Saber que a sua vibração induz a tudo que acontece na sua vida, de uma forma ou de outra, requer muita responsabilidade. E realmente exige. Sua forma de lidar com a realidade é justamente parte da existência da realidade que você vive. Isso requer muito mais do que mentalizar frases ou se manter na camada do pensamento e em prol de coisas que queremos. Isso é importante, mas não é tudo. Nosso comportamento, nossas ações, o que somos, são variáveis da lei da atração, e virá até nós tudo que emitimos, sendo bom ou ruim de acordo com seu juízo de valor.

Portanto, se você me perguntar se a Lei da Atração realmente funciona, eu direi que ela age antes de eu e você nascermos e vai agir até o universo permitir. O que devemos fazer para que algo mude em nossas vidas é fazer algo diferente. Isso vai do pensamento até as nossas ações.

Bom, espero que tenha gostado e ajudado você a se inspirar e crescer. Compartilhe este conteúdo para que mais pessoas possam se inspirar. Comente aqui embaixo sobre dúvidas, críticas e colocações.

Um beijo, tchau!

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

http://bit.ly/ListaDaPatri