Arquivos da tag: Dicas

fev 9, 2018

Ferramentas que podem facilitar sua vida nas redes sociais!

OPA! Vim aqui, mais uma vez, para falar um pouco sobre ferramentas que podem facilitar sua vida nas redes sociais! Se você ainda se enrola em posts, comentários e compartilhamentos, esse texto é pra você!

 

Com a vida quase que inteira voltada para o empreendedorismo, fica bem complicado parar para postar imagens, comentar e compartilhar imagens e textos nas redes sociais corporativas. Eu sei bem disso! Mesmo sendo uma pessoa organizada, pode-se perder um bom tempo com filtros e correções de texto para deixar o material do jeito que você quer. Por isso, eu vim aqui para dar uma dicas de ferramentas que você pode usar que vão facilitar MUITO a sua vida e ganhar tempo para focar em outras coisas. Vamos lá?

 

  1. Postgrain

Uma ferramenta para você programar posts no Instagram e stories, com design simples e bem fácil de usar. Uma ótima ferramenta para otimizar o tempo e deixar programado os posts. Não precisa estar logado para o post subir, pode ficar tranquila! Além disso, a ferramenta oferece um espaço com relatórios sobre crescimento, números de seguidores, compartilhamentos, comentários e likes. Você também consegue gerenciar mensagens diretas e comentários diretamente da ferramenta.

 

  1. Etus

Mais uma ferramenta para você programar posts. Aqui você consegue programar para Twitter, Instagram (com possibilidade de stories), LinkedIn e Facebook. A ferramenta te oferece um ambiente para gerenciar comentários e mensagens diretas para estas plataformas, além de fornecer relatórios sobre o andamento dos seus perfis. É uma boa ferramenta para unificar o trabalho de mídias sociais!

 

  1. Canva

Você que não tem muita habilidade na parte gráfica, pode ficar mais tranquila com esta ferramenta. Ela facilita a sua vida em montar imagens para diversos formatos. Pode ser capa para Facebook ou Stories, a ferramenta já tem o modelo do tamanho certo. Você também encontra diversas inspirações para usar de forma gratuita! O uso é bem intuitivo e você se sentirá uma verdadeira artista gráfica! Você pode trabalhar no seu celular, via app (para android e IOS) e pode usar no seu desktop ou notebook.

 

  1. Trello

Esta é uma ferramenta para organizar tarefas simples e bem flexível para você e sua equipe trabalharem com projetos, objetivos e tarefas que pode ajudar muito o seu empreendimento! O ambiente é totalmente visual, é muito simples de usar e você pode compartilhar seu dashboard com outras pessoas. O ambiente é dividido em cartões, que podem ser subdivididos em tarefas. É possível colocar prazos para as tarefas e você consegue ver tudo o que acontece instantaneamente. É no tipo “arrasta e solta”, então é bem fácil de organizar as coisas lá dentro. Como você pode compartilhar o ambiente com outras pessoas, eles também podem mexer e você pode ver tudo acontecendo. O Trello também vem na versão app, para Android e IOS e para desktop. Nunca mais deixe o trabalho enrolar a sua vida!

 

É isso, gente! Espero que tenham gostado das dicas que quis compartilhar com vocês. Se tiverem experiência com outras ferramentas e quiserem compartilhar, será um prazer! Pode ajudar muita gente que precisa ganhar tempo e organizar a vida online.

Um beijo, tchau!

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

http://bit.ly/ListaDaPatri

fev 7, 2018

Você precisa conhecer a análise SWOT!

OPA, tudo bom? Vem cá, tem sido difícil para você tomar decisões e traçar estratégias eficazes para o seu business? Então você precisa conhecer a análise SWOT!

 

Sabemos o quanto é complicado definirmos as estratégias do empreendimento. Analisar os fatores que influenciam no sucesso do negócio e, a partir disso, tomar decisões, implica em riscos.

 

Mas essa dificuldade pode ser minimizada ser for feita uma análise realista e detalhada, fazendo com que você tenha um parecer mais amplo de tudo que envolve a vida do seu negócio. Para isso, foi criada lá nos anos 60 (segundo públio, 2008) a análise SWOT. Mas o que quer dizer isso?

 

SWOT é um acrônimo de Strengths (pontos fortes), Weaknesses (pontos fracos), Opportunities (oportunidades para o seu negócio) e Threats (ameaças para o seu negócio). Aqui no Brasil é chamada também de análise FOFA, usando o acrônimo em português (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças).

 

Usando essa forma de análise, é possível observar os fatores internos e externos de uma empresa, seja ela grande ou pequena. O legal é que você pode fazer com qualquer negócio! Não importa o tamanho dele.

 

Agora vou explicar para você como funciona cada etapa da análise e você vai ver o porquê precisa conhecer a análise SWOT. Vem!

 

Forças (Strenghts): A primeira parte da análise é observar quais são os pontos fortes do seu business. O que faz seu negócio ter sucesso neste momento? Quais são as características mais importantes do seu empreendimento? Importante ressaltar que nesta parte e nas fraquezas, você vai olhar para o AMBIENTE INTERNO do seu negócio. Liste estes pontos, se houver mais de um. É interessante fazer essa análise com toda a equipe, caso haja. Assim, você tem vários pontos de vista de pessoas que vivenciam o dia a dia da empresa.

 

Exemplo de pontos fortes:

  • Atendimento;
  • Ponto de venda;
  • Força da marca.

 

Fraquezas (weakness): A próxima etapa é observar as fraquezas do seu negócio. É importante que você seja realista nestas duas partes! Sei que somos otimistas em relação ao nosso sonho, mas tenha os pés no chão que seu sonho pode voar ainda mais. Voltando à explicação, liste os pontos que impactam negativamente o andamento no seu business.

 

Exemplos de pontos fracos:

  • Treinamento de vendas;
  • Falta de engajamento;
  • Manutenção;
  • Local de estabelecimento.

 

Oportunidades (Opportunities): Agora nós iremos observar o AMBIENTE EXTERNO do seu negócio. Nesta parte você não tem controle, então você apenas irá minimizar ou maximizar a influência destes fatores de forma a beneficiar seu negócio. Começando com as oportunidades, aqui você listará quais são os acontecimentos que podem beneficiar seu negócio. Fatores como política, economia, eventos, acontecimentos naturais são pontos a serem observados. Mas sempre com os pés no chão! A gente vê oportunidade em tudo, né? Então, liste aquelas que estão alinhadas com sua estratégia de negócio.

 

Ameaças (Threats): A última etapa da análise é olhar novamente para o ambiente externo da empresa e listar os pontos que ameaçam o crescimento do seu empreendimento. Será que a política atual da sua cidade está te favorecendo? A natureza tem te ajudado? Seus concorrentes estão te ultrapassando? Tá difícil de lidar com seus fornecedores? Reúna todos os pontos que comprometem o sucesso do seu business.

 

Pronto, Patricia. Fiz tudo isso que você explicou. E AGORA?

 

Pois é, gente. Agora tem que ter MÃO NA MASSA! Você já faz a análise dos pontos fortes e fracos da sua empresa e das oportunidades e ameaças do ambiente.  Pegue esses dados e relacione entre eles. O que sua força pode fazer para diminuir sua fraqueza? O que suas oportunidades podem fazer para aumentar sua força? O que sua ameaça pode fazer para lhe tirar suas oportunidades? O que sua fraqueza pode fazer para diminuir suas forças?

 

Olhe para essas relações e decida o que deve ser feito para prosseguir com o ritmo de crescimento da sua empresa. Baseie-se nessas decisões no dia a dia do negócio e repita o processo de análise periodicamente. Novas oportunidades, ameaças, forças e fraquezas virão, conforme as estratégias são aplicadas e o ambiente externo muda.

 

Portanto, veja que tomar decisões estratégicas pode ser algo mais simples se você aplicar uma análise realista e detalhada do seu negócio. Você verá que suas ações terão mais força e sentirá um maior controle sobre o andamento do seu sonho.

 

Gostou do texto? Não deixe de compartilhar! Se quiser comentar ou acrescentar algo sobre o texto, comente aqui embaixo!

 

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

http://bit.ly/ListaDaPatri

fev 5, 2018

Dicas para alavancar suas redes sociais

OPA, meu povo! Tudo bem? Eu vim aqui para dar algumas dicas para você alavancar suas redes sociais. Se você ainda não sabe como, então aqui é o seu lugar!

 

Hoje as redes sociais são parte do modo de vida das pessoas. É por lá (ou será por aqui?) que sabemos de algumas notícias, descobrimos novidades sobre nossos amigos e familiares, conversamos sobre diversos assuntos… E temos contato com conteúdo relevante. Mas o que quer dizer conteúdo relevante? Pois é, esse é o desafio! Por isso, eu vou te dar umas dicas para você que ainda tem dúvidas sobre o que produzir para alavancar suas redes sociais. Vamos lá?

dicas para alavancar suas redes sociais #elasonhaelafaz

Alavanque suas redes sociais!

As grandes redes sociais sempre estão em mudanças na forma que estes levam o conteúdo que você se interessa até você. Isso por que muita coisa sem valor é compartilhado e produzido por aí e não é isso que você quer ficar vendo sempre, não é mesmo? Por isso, essas empresas estão atentas para o que se é comentado para promover o melhor da comunicação em rede sociais.

 

Começando com a primeira dica para você alavancar suas redes sociais. No Instagram, o recurso das hashtags está ainda mais forte! Além de você marcar seu conteúdo com elas, é possível agora seguir hashtags como se fosse um perfil, para que você receba conteúdo vinculado a ela no seu feed de notícias. Isso é incrível para quem é engajado em um tipo de assunto e quer receber posts novos na sua tela. Se você produz conteúdo para um assunto específico e quer que mais pessoas conheçam seu trabalho, aposte no uso moderado das hashtags. Eu mencionei moderado, pois o uso exagerado de hashtags pode causar o efeito contrário no seu perfil. A plataforma pode considerar que o conteúdo postado é spam e limitar a visualização do post.

 

Partindo para a próxima dica para alavancar suas redes sociais, agora vamos para o Facebook. A plataforma tem lutado cada vez mais contra fake news. Se você ainda não sabe o que é isso, veja esta definição aqui. A plataforma modificou recentemente a forma que fornece o feed de notícias para você, de forma a evitar ainda mais os posts com chamadas tendenciosas e click-baits, que são as frases que fazem você ter um interesse em clicar no link, mas que não tem nada demais lá. Fora as notícias e informações que não possuem credibilidade ou veracidade, que também são limitadas para evitar a disseminação. Por isso, fique muito atenta ao compartilhar conteúdo sobre um assunto e verifique se a informação que você quiser compartilhar seja verdadeira. Você faz um bem, não só para o seu negócio, mas para a comunidade como um todo.

 

A terceira e última dica para alavancar suas redes sociais é para o Twitter. Muitos jovens são adeptos à rede social que tem como principal característica o “trending topics”. Se você ainda não sabe o que é tending topics, sugiro ler este texto aqui. No Twitter, o aspecto temporal é pouco relevante. O que importa mesmo é a força do conteúdo que é produzido. Os perfis irão receber conteúdo no seu feed de acordo com suas preferências e interesses. Além dos tweets que são recentemente postados, o feed é divido em conteúdo que tem mais feedback positivo e perfis que tem presença na plataforma. Por isso, é importante estar ativa na rede social, de forma a acompanhar os assuntos do momento e, com isso, produzir conteúdo relevante e de credibilidade, sempre.

 

Essas são as dicas para você alavancar suas redes sociais e ter um crescimento no seu empreendimento. Se você gostou, não deixe de compartilhar este texto. Ajuda muito a quem precisa de umas dicas! Se você sabe de mais alguma dica, comente aqui embaixo!

 

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

fev 2, 2018

Como situar seu negócio no mercado

OPA! Tudo bom com você? Venho aqui mais uma vez para saber: Você sabe o que pode influenciar o sucesso da sua empresa? Saiba agora como situar seu negócio no mercado!

 

Quando falamos em mercado, temos uma infinidade de questões para se discutir, analisar e monitorar. Mas caso você esteja começando e não está muito inteirada no assunto, ou quer relembrar um tópico interessante de marketing, é aqui mesmo que você deve ficar! Porque eu vou explicar para você que existem forças externas ao seu negócio que podem influenciar o andamento do seu empreendimento. Vamos lá?

 

Você que tá começando seu negócio deve enxergar, num primeiro momento, somente o que você oferece para o público (produto ou serviço) e o público-alvo, como pontos principais. Mas saiba que seu negócio é influenciado por outras forças que são externas e, por isso, não são do seu controle e que podem ajudar ou atrapalhar seu negócio neste momento. Eu vou te mostrar que forças são essas e o que você pode fazer para lidar com elas e situar seu negócio no mercado.

 

A primeira força que eu vou apresentar a você é a força competitiva. Nada mais é do que as decisões de marketing de cada empresa, que modificam as reações do consumidor no mercado. Então, o que outros negócios que competem com você fazem, direta ou indiretamente, modificam a forma que você precisa lidar com o mercado. Definir uma estratégia competitiva é FUNDAMENTAL! Tenha questões como “Devo competir?” “Como?” “Em qual mercado?” respondidos de acordo com a situação atual do seu negócio.

 

A segunda força que você precisa saber para situar seu negócio no mercado é a político-legal, que são as leis que regem o local que você atua. É muito importante saber os direitos e deveres do seu empreendimento para continuar no jogo sem ferir nenhuma regra e contribuir com a cidadania. Conheça as leis que regulamentam o mercado que você atua e o código do consumidor para se manter sempre respaldada na lei.

 

A terceira força que você precisa saber para situar seu negócio no mercado é a força econômica. O momento econômico do país é um fator importante para manter seu negócio na ativa. Influencia o modo que o consumidor gasta seu dinheiro e escolhe o que compra. Então, fique atenta se o momento é de prosperidade, recessão, recuperação. Se o desemprego aumentou ou diminuiu, como está a inflação/deflação, se o consumidor consegue ter dinheiro sobrando para consumir seu produto ou serviço. Com essas informações, você pode traçar estratégias melhores para o seu empreendimento.

 

A quarta força que você precisa saber para situar seu negócio no mercado é a força tecnológica. Nada mais é do que o conhecimento das ciências, invenções tecnológicas que permitem melhorar a produção e reduzir custos. Também influência na forma que os produtos e serviços são distribuídos. Tudo isso pode atrapalhar ou melhorar a situação do seu negócio no mercado. Fique de olho e reserve capital para atualizar seu maquinário!

 

A quinta e última força que você precisa saber para situar seu negócio no mercado é a força sociocultural, que é mais forte quando se tem um negócio de âmbito internacional, com diferenças culturais grandes. Aqui, é a força de escolha, de informação e pressão do consumidor sobre o mercado. Se estiverem bem mobilizados, podem alterar o rumo econômico, político e jurídico de um país. Então fique atenta!

 

É isso, gente! Essas foram as forças externas que podem alterar o rumo da sua empresa. Estude bastante sobre o assunto. Você terá ainda mais segurança para gerir seu sonho! Se gostou do texto, não deixe de compartilhar! Caso queria comentar algo, fique à vontade.

Um beijo, tchau!

 

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

jan 31, 2018

Saiba juntar dinheiro e realizar seu sonho

OPA! Me diz uma coisa, se você é daquelas que não consegue ver a cor do dinheiro e fica lá toda mergulhada nos boletos, esse texto é pra você. Saiba juntar dinheiro e realizar seu sonho!

 

Lidar com dinheiro é algo que nem todas têm a habilidade e isso é comum por não temos uma educação financeira adequada. Mas dá pra aprender, gente! E não é nenhuma missão impossível, pode acreditar. Eu vou te dar agora algumas dicas para você saber juntar dinheiro e realizar seu sonho. Vamos lá?

 

Primeiramente, você precisa definir uma meta! Saiba o que você quer no futuro. Seja ele um futuro pequeno, médio ou grande. Defina a meta para que você possa saber aonde você quer chegar. É uma casa que você quer? É um carro? É conseguir um espaço para o seu negócio poder atuar? É conseguir um equipamento novo para seu empreendimento? Seja lá o que for, escreva no papel e defina sua meta. É fundamental que você saiba direcionar o dinheiro que recebe para que não fique sem rumo e gaste com qualquer coisa.

Se você já conseguiu definir o que quer, parabéns! Mas ainda há mais coisas para serem feitos. Agora você precisa saber quanto custa essa meta. Você já sabe aonde chegar, agora você precisa saber quanto você precisa para chegar até o seu sonho. Pesquise sobre e escreva o valor que precisa. Já está parecendo possível, né? E é sim! Mas calma, ainda tem mais.

É fundamental que você defina um valor mensal que você vai juntar. É um compromisso que você vai ter com seu orçamento e com você mesmo, por isso, pense com os pés no chão e veja quanto você pode separar, sem comprometer tudo. Essa dica também vale pra você que quer realizar um empréstimo, como eu disse neste post.

Continuando, você sabe aonde chegar, quanto custa para chegar até seu sonho… Agora você precisa cortar gastos desnecessários. Corte todo gasto que você não precise no momento ou troque por uma alternativa sem gastos. Nós sempre temos um gasto atoa aqui, um gasto desnecessário ali… não pense que isso não atrapalha, porque esse valorzinho pode ajudar muito se multiplicado durante o tempo que você se comprometeu a juntar. Não caia no pensamento de “ah, só dessa vez porque eu mereço” ou o clássico “não vai fazer falta” e o “só dessa vez”. Isso só te distancia do seu objetivo, te fazendo ficar frustrada e arrependida. Nessa hora, tem que ser fria mesmo. Corta tudo!

Visualizou todos os gastos que podem ser cortados e já os retirou do orçamento, né? Espero que sim! Nessa próxima etapa, você precisará ser um pouco mais detalhista. Sabe aquelas taxas, tarifas e serviços que você não usa nunca, mas tá lá, escondido nas suas contas? Encontre todas essas taxas e se livre delas! Você verá que esse montante é significativamente alto para você alcançar e até passar o valor que precisa guardar mensalmente.

A próxima dica é boa! Se você ficou até agora comigo, muito obrigada! Vamos lá. Por mais que você defina metas e corte gastos, é difícil você observar o valor que você está disposta a reservar crescendo mês a mês. Isso por que tá tudo junto numa conta só. Aí você só vai ver mesmo é o dinheiro saindo! Então, para sermos organizadas e termos uma melhor noção do dinheiro sendo separado, coloque esse valor em uma conta separada. Assim você tem certeza de que o valor que você está juntando está acumulando e não está indo com os gastos. Isso também te dá um ânimo maior, porque você vai ver o dinheiro sempre ali, no seu lugar, crescendo sempre.

Outra coisa interessante que acontece com a gente é que nem sempre nós estamos focadas nos nossos objetivos. E isso é normal! Vai bater aquela vontade de comprar uma besteira pelo menos uma vez durante o processo. Para não comprometer seu orçamento, coloque seus gastos em débito automático para que você possa assumir com seus gastos sem preocupações e risco de desviar um dinheirinho em besteiras. Programe seus gastos e ganhos para te deixar mais tranquila durante o desafio de juntar dinheiro.

 

E aí, curtiu o texto? Espero que sim! Esses foram alguns toques que quis compartilhar com vocês, para que alcancem de forma mais fácil o sonho de vocês. Tenho certeza que irão conseguir! Determinação é que não falta em vocês.

Compartilhe este texto com quem precisar! Você pode ajudar uma amiga.

 

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.