Arquivos da tag: fluxo de caixa

fev 16, 2018

Como começar a organizar suas finanças!

Opa! Vem cá, você ainda não sabe como organizar suas finanças ou anda perdida com seus gastos e entradas? Então saiba agora como começar a organizar suas finanças!

 

Quando o assunto é empreendimento, ter uma postura de organização e controle das ações é algo imprescindível para o sucesso do seu negócio. Mas nem sempre começamos sabendo agir desta forma. É normal encontrarmos pessoas que iniciam seus negócios com pouca ou nenhuma organização sobre o que gasta e o que recebe. Desta forma, não há como saber com propriedade quando é a hora de fazer promoções, de reduzir gastos ou é a hora de investir. Por isso, o fluxo de caixa é fundamental para qualquer negócio, sabia?

Mas o que é isso, Patricia? Eu te respondo agora! Nada mais é do que uma planilha que organiza as entradas e as saídas de capital da sua empresa, para uma visualização presente e futura do seu caixa. Com o fluxo de caixa, além de você ter a possibilidade de visualizar a situação financeira atual do seu negócio, é possível também se basear em suas informações para tomar decisões dentro do seu planejamento estratégico.

Como começar a organizar suas finanças - #elasonhaelafaz - source: freepik

Por exemplo, se você planejou investir em capacitação daqui a 6 meses e pretende implementar, você precisa saber antecipadamente se há capital disponível para isso. Logo, você deve ter dados organizados que mostrem a projeção do caixa, se você terá este recurso ou não. Aí sim, você decidirá se irá ou não fazer este investimento. Bem mais seguro, não é mesmo?

Agora que você tem uma noção do que é o fluxo de caixa, vamos para a mão na massa! Para começar a montar seu fluxo de caixa, você precisa saber quanto você possui em caixa (No caixa propriamente dito ou em conta), os dados de entrada (pagamentos à vista e à prazo) e os dados de pagamento (fornecedores, contas, sálários, impostos, à vista e à prazo). Com a diferença entre estes dois últimos dados, mais o que possui em caixa no momento, é o resultado do seu fluxo.

É possível fazer esta conta diariamente, semanalmente, anualmente… Você define o período apropriado e vai aplicando conforme o período vai passando.

  • Comece pelo mais fácil, que são os compromissos já firmados. Coloque de forma separada as contas a pagar e as contas a receber. São valores que você sabe de cabeça que possui e são mais fáceis de acessar.
  • Faça uma estimativa de todos os gastos que você pode ter e os prazos destes. Coloque-as no campo de saídas de acordo com os prazos. Assim você já sabe no que seu negócio tem gastado e ainda vai gastar.
  • Agora você pode completar o campo de entradas com os valores à vista que você recebeu no período. Faça também uma média HONESTA do que você vai receber! Porque nunca se sabe com certeza quanto você vai receber. Agora, o que vai gastar é bem mais fácil de saber!
  • Com os valores inseridos nos seus devidos campos, apure a diferença entre estes campos e some ao seu valor de caixa inicial. Como resultado, você terá a estimativa do capital que você possui/possuirá!

Agora, vamos aos resultados! É possível que venha a dar valores negativos ou positivos. Para cada valor, possibilidades de atuação são disponíveis para você equilibrar seu caixa. Começando com o valor negativo, é possível fazer algumas coisas para melhorar a situação.

  1. Desencalhar produtos no estoque através de promoções;
  2. Caso ofereça recebimento à prazo, reduzir suas parcelas e/ou antecipá-las;
  3. Renegociar o custo de negociações com fornecedores;
  4. Anunciar benefícios com recebimentos à vista ou entradas maiores.

De acordo com os problemas que você encontrar, uma ação será mais necessária do que outra. Pesquise sobre as possibilidades que seu negócio tem de aumentar suas entradas e diminuir suas saídas, para obter um valor positivo de fluxo de caixa.

Agora, se o seu fluxo de caixa está positivo, parabéns! O que fazer com este excedente? Há varias possibilidades para isso! Você pode:

  1. Investir no seu negócio;
  2. Flexibilizar o prazo de recebimentos;
  3. Distribuir os lucros.

Dependendo do quanto você recebe e gasta, você terá um parâmetro de quanto seu negócio precisa ter para se manter. É muito interessante você saber isso para você procurar sempre manter reservado este valor para o empreendimento continuar a agir. Isto é o capital de giro! Se você quiser saber mais, recomendo ler esta publicação aqui.

Atualizando estes dados, é possível ter uma visão maior da vida financeira da empresa e equilibrar seu negócio, além  de criar recursos para um crescimento sólido e consistente. É muito importante saber se organizar e controlar as ações da sua empresa para tomar as decisões que são mais apropriadas para o seu business.

fluxo de caixa - imagem de exemplo

Exemplo de fluxo de caixa. Você pode fazer uma planilha digital ou fazer a mão mesmo! – fonte: http://controlefinanceiro.granatum.com.br

É isso, gente! Se você gostou deste texto, compartilhe com todos que ache importante. É fundamental para o crescimento de suas companheiras de sonho! Caso tenha alguma dica ou comentário, escreva aqui embaixo que vou adorar ler.

Um beijo, tchau!

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

http://bit.ly/ListaDaPatri