Arquivos da tag: neuromarketing

fev 26, 2018

Neuromarketing no seu negócio!

Opa, meu povo! Vim aqui para falar um pouco sobre neuromarketing e deixar você mais a vontade com o assunto. Vem que você vai iniciar o assunto neuromarketing! #elasonhaelafaz

Você já deve ter visto diversos conceitos mercadológicos que, na maioria das vezes, assustam um pouco pelo nome, né? Neuromarketing pode ser um deles. Observando somente o nome, parece um assunto pra mais de uma faculdade, mas você pode começar a entender observando exemplos e tendo uma introdução mais simplificada do assunto. É isso que eu vou fazer e espero que ajude você a entender o conceito e conseguir aplicar o básico do neuromarketing no seu negócio. Vamos lá?

Começando, vamos iniciar o assunto neuromarketing explicando o que é. Basicamente, é uma ciência que busca entender o que se passa na mente das pessoas quando são expostas a produtos, marcas e anúncios. Quando você pesquisa sobre o público-alvo do seu empreendimento, você consegue saber sobre o mercado como um todo, mas fica bem difícil saber as reações nas mentes das pessoas. O neuromarketing atende justamente esta lacuna que não é ocupada pelas pesquisas de marketing.

Neuromarketing no seu negócio

Através dos nossos sentidos, interagimos com o ambiente externo e, a partir disso, obtemos uma reação em nossos cérebros que podem ter resultados positivos (bem-estar, satisfação) ou negativos (repulsa, incômodo). Mas como é possível induzir estas reações? Vou te dar exemplos bem conhecidos no mercado!

  • Visão:

Acho que é a ação de neuromarketing mais conhecida por aí! O uso das cores, no mercado de fast-foods. O uso do vermelho para despertar a fome e do amarelo para apressar o consumo, é bem antigo e quase todas as empresas do ramo adotam essa tática. Aqui, vemos que essas marcas conseguem induzir a reação no cérebro das pessoas através da cor, se apropriando da visão. Cores são estímulos fortes e valem a pena serem usados!

  • Olfato:

Já falei sobre Marketing olfativo no site, vale a pena ver! Vou deixar o link aqui. Vou trazer como exemplo, as lojas da marca Melissa. É bem fácil de reconhecer o aroma da loja, principalmente quem já conhece a marca! É uma forma muito eficaz de construir a identidade da marca e induzir emoções positivas à experiência do cliente.

  • Audição:

Este sentido é bastante usado no setor automobilístico. Quem gosta de motos e carros, consegue diferenciar um produto do outro só de ouvir o ronco do motor! Isso é possível porque as marcas investem bastante nesta sensação para também construir a identidade da marca e trazer uma satisfação ao cliente ao usar o produto.

  • Tato:

Neste caso, podemos citar o relevo que os chinelos da marca Havaianas possuem e seu uso em outros produtos da marca, como capinhas de celular e bolsinhas. Além de reconhecermos pela visão, o tato é um sentido bastante usado por eles, através do relevo característico nos seus produtos. Já tinha reparado nisso? Comenta aqui a sua resposta!

  • Paladar:

Neste caso, vemos muito em supermarcados, onde é oferecida uma pequena porção de um produto para degustação. O objetivo é induzir uma reação positiva no cérebro para que você tenha o impulso de levar o produto. Se você for ao Supermercado com fome, a reação pode ser ainda mais forte!

 

Todos estes casos citados aqui utilizam o neuromarketing nos seus negócios com táticas diferentes, atingindo objetivos diferentes. Mas eles possuem características parecidas entre eles. Uma delas é que todos utilizam do Marketing emocional para impactar seu público. O uso do apelo emocional é um fator imprescindível para a aplicação do neuromarketing! Outro fator em comum é que eles construíram um propósito para a compra do produto. Através do branding, se é construído um motivo para o qual o cliente irá consumir o produto. Pode ser a inclusão em uma comunidade, ajudar a natureza (sustentabilidade) e construir uma imagem própria. Para haver neuromarketing no seu negócio, deve haver um propósito de consumo do produto que você oferece.

Agora, se você começou a entender o conceito, consegue aplicar o neuromarketing no seu negócio! Não deixe de conhecer mais sobre o conceito e, se precisar, contrate profissionais especializados no assunto. As duas formas serão de extremo benefício para o seu business, eu tenho certeza!

Se você gostou do texto, compartilhe! Será de grande ajuda para quem quer realizar seu sonho de empreender. Quer falar sobre o assunto, deixar sugestões e críticas? Comente aqui embaixo, terei o prazer em ler!

Um Beijo, tchau!

 

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

http://bit.ly/ListaDaPatri