Arquivos da tag: vendas

ago 28, 2018

Como usar o whatsapp como canal de venda

Opa, tudo bom?

Quando pensamos em e-commerce, temos em mente um site como canal de venda, não é mesmo? Porém, temos outros canais de vendas que podem ser tão bons quanto um site.

Hoje eu vou mostrar como usar o whatsapp como canal de venda. Vamos lá?

Primeiramente, é preciso entender que o whatsapp é um aplicativo de mensagens instantâneas. Quer dizer que as pessoas irão entrar em contato em diversos horários e esperam que sejam atendidas de forma ágil. Então, se você não possui tempo para isso, delegue esta função para alguém que tenha desenvolvimento em atendimento comercial e tenha tempo disponível.

Outro ponto importante é estabelecer, de forma clara, um horário de atendimento. Dizer aos clientes que a partir de certo horário o atendimento não irá ser feito é um meio transparente de se relacionar com eles. Isso é muito importante em qualquer forma de comunicação.

A participação deste aplicativo no cotidiano das pessoas é muito forte. O E-Commerce Brasil e o Sebrae, em 2016, realizaram uma pesquisa e constataram que 35% das vendas online são fechadas via whatsapp e 50% dos E-Commerces brasileiros usam o whatsapp como canal de atendimento pré e pós-venda.

Bom, agora que já sabemos do que se trata o whatsapp e sua participação no mercado, vamos ver como que este aplicativo funciona a favor do seu negócio. Vamos mencionar funcionalidades supondo que você já saiba a base do aplicativo (envio de mensagens e compartilhamento de audiovisual).

Lista de transmissão

É um recurso valioso para organizar a sua comunicação e seus respectivos ouvintes recebam somente o que lhe interessam. Esta função possibilita organizar contatos em agrupamentos e enviar mensagens como se fosse um disparo automático de email. É uma forma de otimizar seu tempo e o relacionamento com sua marca. Nesta função, é fundamental a organização com seus contatos!

Interface no seu notebook ou desktop

É possível usar o whatsapp no seu notebook ou desktop! Assim, você não precisa ficar pegando o celular o tempo todo, basta ir até a aba do site, no seu navegador. Basta acessar este link e captar o QR code para vincular seu número de contato com o navegador. Simples, né? O recurso possui todas as funções que você já tem no seu celular, como compartilhamento de mídia, lista de transmissões, etc. Para quem trabalha online e também é responsável pelo comercial, é uma praticidade enorme!

Stories no Whatsapp

Assim como no Instagram e no Facebook, o Whatsapp também possui o recurso stories, onde é possível compartilhar imagens que ficam ativas em até 24h. Como forma de manter uma presença próxima do público, é um recurso bem valioso. Além disso, como o uso do aplicativo está cada vez mais inserido na sociedade, acaba sendo um ótimo canal de propaganda. No entanto, somente quem possui seu contato pode ver as histórias. Então aconselho investir em outros canais para captar novos contatos para prospecção, pré e pós-venda.

Como usar o whatsapp como canal de vendas? - #elasonhaelafaz

Leve conteúdo relevante para os seus contatos

Como você já sabe, o aplicativo permite que você compartilhe imagens, vídeos, áudios, arquivos de texto e ligações de voz ou vídeos. Por isso, é importante que você construa um canal relevante para os seus contatos através de conteúdo relacionado ao seu negócio. Por exemplo, se o seu business está no mercado turístico, invista e conteúdo sobre o local que você trabalha, pontos que agreguem mais valor ao seu empreendimento. Se você trabalha com doces e bolos, compartilhar inspirações para decorações de festa ou temas. Sempre estudando o gosto do seu público para levar relevância para o seu canal de comunicação.

Perfil para negócios

O whatsapp business foi criado para atender negócios que usam o whatsapp como canal comercial. Por isso, ele fornece mais recursos como classificação dos contatos por etiqueta, organizando seu público e otimizando sua comunicação, uma descrição do seu perfil mais alinhado para o seu negócio, com horário de funcionamento, endereço, e-mail e site; mensagens automatizadas para agilizar o seu contato e estatísticas do fluxo de mensagens. Tudo isso para você ter uma visão mais ampla do esforço de comunicação e sua atuação no setor comercial.

Depois destes pontos, me diz uma coisa: Vai usar o whatsapp como canal de venda do seu negócio?

Se gostou do texto, compartilhe para ajudar mais pessoas a realizarem o sonho de abrir seu próprio negócio. Comente aqui embaixo sobre mais dicas com o whatsapp, experiências e sugestões de conteúdo.

Um beijo, tchau!

jul 25, 2018

4 ações de atendimento que irão transformar seu negócio

Opa! Tudo bom?

Depois de muito vivenciar o cotidiano de uma empreendedora, pude observar mais do que a teoria no quesito atendimento. Prezadas, para mim, a ação ensina muito! O que vocês acham?

E o atendimento tem teoria, tem técnica. Mas também tem todo um feeling que só a ação te ensina. Com esta vivência e experiência, quero mostrar para você 4 ações de atendimento que irão transformar seu negócio. Vamos lá?

Conheça melhor sua cliente

Conhecer o seu público-alvo é muito importante no atendimento. Aliás, não só nesta parte, mas para o negócio como o todo. Isso se reflete no diferencial do seu empreendimento, que já falei sobre isso neste texto aqui. Para atender bem, é preciso saber se relacionar com o público que se interessa no seu produto/serviço. Então, conhece-lo é importante para que tenha um bom relacionamento e possa identificar a real necessidade do seu cliente e, por fim, oferecer o mais adequado. De forma geral, saber o gosto, quais assuntos gosta, idade média, o que não gostam, entre outros pontos.

Ouvir também é uma forma de atender

Num relacionamento, é importante falar bem e de forma adequada ao ambiente, mas também é importante ouvir o que o outro tem a dizer. Para quem atua com atendimento, saber o que a sua cliente realmente quer, como ela se porta (extrovertida, introspectiva) nos dá uma maior clareza na hora de atender bem. Então, procure deixar a sua cliente falar e ser ouvida para que seja mais fácil o trabalho de atende-la.

Insights devem ser compartilhados

Trocar ideias entre as pessoas que compõem a equipe de atendimento é muito importante para o desenvolvimento do trabalho. Durante o atendimento, absorvemos alguns insights que, se não forem compartilhados, podem fazer falta para uma pessoa. Por isso, é interessante, caso tenha uma equipe de atendimento, que façam reuniões semanais para trocar ideias, experiências e dar um tempo para criar conhecimento prático de postura, de vendas, do pós-venda, todas as partes do atendimento.

Supervisionar para crescer

Ter uma pessoa que observa de fora o trabalho realizado ajuda a equipe a se desenvolver, pois assim é possível ter uma visão fora da vivência e analisar as ações de forma mais racional. Porém, o que vai definir o sucesso desta função é como passar as análises para cada componente da equipe. O senso de liderança aqui é primordial! Falar individualmente com cada pessoa sobre seu trabalho dá maior conforto para ambas as partes e evita constrangimentos. Caso queira falar em equipe, não mencionar nomes e procurar ter um discurso proativo, sempre incentivando o trabalho da sua equipe.

Atendimento é um assunto muito amplo. Podemos falar sobre vários pontos! Se você tem interesse, comenta aqui embaixo. Espero que tenha gostado das 4 ações de atendimento que irão transformar seu negócio! Compartilhe este texto para que mais pessoas tenham sua autonomia e realização profissional.

Um beijo, tchau!

jul 9, 2018

O remarketing pode ser sua estratégia de marketing digital.

Opa! Tudo bom?

Ao longo desta jornada, tenho visto algumas empreendedoras que estão iniciando, perdidas em como atuar no ambiente digital melhorando as vendas do seu business. A gente estuda, teoriza, mas na hora do vamos ver, fica só olhando para a tela do pc, não é mesmo?

Por isso, eu venho aqui para mostrar que o remarketing pode ser sua estratégia de marketing digital, explicando da teoria à prática. Vamos lá?

Primeiramente, eu vou explicar o que é remarketing. É uma estratégia que consiste em melhorar o tráfego do seu e-commerce e atuar induzindo o cliente a comprar seus produtos, passando por etapas como aprendizado, descoberta, consideração e decisão. Principalmente as duas últimas etapas. Se a pessoa chegou até a sua loja online, é por que ela já descobriu que você existe e, provavelmente conhece por alto o seu produto ou serviço.

Mas voltando, é com o remarketing que você garante que o indivíduo passe por estas etapas até chegar na decisão de compra. Mas como que é possível fazer isso?

Hoje, as plataformas digitais promovem diversas possibilidades de uso para os posts patrocinados. Publicar e gerar engajamento de forma orgânica é fundamental, mas sem uma estratégia clara de campanhas patrocinadas, seu esforço será bem maior. Por isso, o remarketing pode ser sua estratégia de marketing digital.

Para começar, você precisa observar o tráfego do seu e-commerce. O google analytics é uma plataforma gratuita que fornece dados de tráfego do seu site. Se você ainda não conhece, clica no link acima para saber mais!

Com informações como taxa de abandono, tempo de tráfego, páginas mais visitadas, dados demográficos, entre outras informações, é possível identificar que grupo de pessoas está perto de comprar seu produto, ou que ainda estão conhecendo seu negócio. Com essas conclusões e grupos estabelecidos, vamos ao que interessa: remarketing na prática!

Com alguns padrões observados, é hora de montar nossos anúncios.

Para começar, vamos observar quais são as páginas mais relevantes que merecem estar nos anúncios. Não adianta fazer um anúncio de remarketing usando a homepage do seu e-commerce. Motivo? Não tem ação específica e clara. É fundamental em toda e qualquer ação de comunicação uma ação, uma intenção clara e específica. Assim, as chances do receptor entender sua mensagem são maiores. Por exemplo, se eu observei um grupo que está gostando do produto x, usaremos a página do produto x para montar seu anúncio de remarketing.

Continuando, esse anúncio precisa ser personalizado e ter um período de tempo. Caso você tenha oferecido um desconto para o grupo de pessoas que se interessaram no produto x, monte o material de forma personalizada e que tenha uma linguagem próxima da sua persona. Aqui, eu estou supondo que você conhece o seu público e não tem problemas com isso. Mas, se este não é o seu caso, é possível criar um público através do tráfego do seu site, no Facebook.

Conseguiu montar um anúncio personalizado? Fique atenta ao período de tempo que este anúncio ficará em veiculação! Imagina se o potencial cliente clica no seu anúncio querendo o produto x, mas está sem estoque? Por isso, é importante definir um período para que as vendas sejam feitas e também não frustre nenhum desavisado interessado no seu produto.

Uau, Patricia! Consegui fazer e veicular minha campanha de remarketing. E agora?

o remarketing pode ser sua estratégia de marketing digital

Bom, como todo e qualquer ação de marketing, depois de veiculado, é preciso avaliar os resultados. Mas, se este é o primeiro contato com remarketing do seu negócio, não vai ter como avaliar o resultado sem uma referência, certo? Pensando nisso, a dica que eu dou é: Veicule mais de uma opção de anúncio de remarketing para o grupo escolhido. Assim, você pode avaliar qual é a melhor forma de se relacionar com seu público e também qual possui maior chance de conversão.

É isso, meu povo! Espero que tenham gostado. Agora me responde uma coisa: O remarketing pode ser sua estratégia de marketing digital? Se você ainda tem dúvidas sobre como ter um e-commerce, eu recomendo este texto aqui.

Compartilhe este conteúdo para que mais pessoas possam crescer e realizarem seus sonhos através do empreendedorismo. Comente aqui embaixo se você tem alguma dúvida ou quer sugerir um tema aqui no site.

Um beijo, tchau!

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

http://bit.ly/ListaDaPatri

jun 1, 2018

Como prospectar com qualidade?

Opa, tudo bom? Vem cá, você está com dificuldades para conseguir clientes? Seu negócio está com o movimento baixo? Hoje eu vim para mostrar como prospectar com qualidade e aumentar o número de vendas. Vamos lá?

Com a competitividade aumentando, além da possibilidade aumentada de se comunicar, através das mídias digitais, o contato com o cliente precisa ser bem pensada, para começar a vender. Para trabalharmos com prospecção, precisamos conhecer o público que vamos abordar. Ter informações demográficas, idade, sexo, hábitos de consumo e segmentos que se identificam são dados que ajudam a montar uma persona de prospecção. Se você não sabe o que é persona, é a criação de uma figura humana através dos dados do seu target, para que forme um objeto fácil de observação e para trabalhar.

Para prospectar com qualidade, a persona de prospecção precisa ser feita com atenção, significa que precisamos montá-la com dados relevantes, além de estruturá-la com objetividade. A persona é uma média do seu target, por isso ela não vai alcançar todas as características de todos os indivíduos do seu público-alvo.

Feito esta primeira etapa, vamos à forma de geração do seu potencial cliente, que no Marketing é chamado de lead. Há duas formas de gerar uma lista de leads, que é por Inbound marketing e o outbound marketing. De forma bem resumida, no Inbound, o potencial cliente vai até você e disponibiliza o contato. No Outbound, é a marca que vai até o potencial cliente para conseguir o contato. É importante você escolher a estratégia que você vai escolher, porque são formas distintas e isso precisa ser alinhado com a estratégia de marca, no que combina mais com seu negócio.

Com a forma definida, você deve estar ansiosa para vender, não é mesmo? Mas ó, não vamos olhar lá na frente sem dar os primeiros passos! Como mencionei acima, vamos gerar contato com potenciais clientes. Isso significa que estas pessoas não conhecem ou conhecem muito pouco do seu business! Fazer uma venda para estas pessoas não surtirá nenhum efeito se estes não conhecerem o valor da sua marca. Lembre-se que você quer prospectar com qualidade! Independente da forma que você escolheu para captar leads, gerar valor de marca é o primeiro passo para conquistar estas pessoas e, assim, estreitar uma relação possível para venda. Pensa comigo, você alguma vez quis comprar algo de uma marca que você nunca ouviu falar? Ou um produto que você nem ao menos viu resenha ou opiniões sobre? Pois é! O cliente precisa se informar para entender o que você oferece e associar à uma necessidade que precise ser suprida.

Do tradicional ao moderno. Veja qual forma é mais adequado para o seu target!

Então, para que possamos gerar leads, precisamos conquistar estas pessoas. Se você escolheu o outbound, por exemplo, você irá até o indivíduo para gerar valor e conquistá-lo, certo? Então, ajuste a linguagem de acordo com o seu target, para que fique próximo a ele, mas sem fugir do objetivo profissional de gerar um bom lead. Utilize diferentes canais e com sintonia entre eles. Telefone, linkedIn, E-mail, SMS… independente do canal, trabalhe com sintonia para equilibrar entre não ser tão incisiva e não fugir da meta.

Se você escolheu o Inbound, é bem provável que você precise produzir conteúdo que atenda aos anseios do seu público. Você pode produzir para que o eduque, fazer compreender que seu serviço/produto atende à necessidade do lead ou promover a demanda. Novamente, varie nos canais e ache o mais adequado para o target e use-os com sintonia, ou seja, aproveite as características de cada canal para otimizar o processo.

É importante traçar um fluxo de cadência para que você nem o potencial cliente canse do trabalho. Fluxo de cadência nada mais é do que organizar o uso dos canais dentro de um período de tempo, o seu período de trabalho. Se você trabalha de segunda à sexta-feira, organize para cada dia, qual canal vai usar. Para não sobrecarregar, coloque uma ou duas pausas no fluxo. Trace este fluxo de acordo com o seu negócio, lead e estratégia e terá um trabalho mais otimizado. Esta forma que coloquei foi só um exemplo, você pode montar da forma que achar melhor.

Uma jornada inteira te aguarda. Veja qual é o melhor fluxo de cadência para a sua estratégia!

Durante o fluxo, é importante observar se a linguagem e os canais estão convertendo bem. Faça os ajustes necessários para que o trabalho melhore sempre! Lembre-se, prospecção de qualidade é um processo contínuo, então o ajuste e o controle são partes importantes do trabalho.

Nem preciso lembrar que a personalização e a diferenciação PRECISAM fazer parte deste trabalho, não é mesmo? Se você está fazendo um E-mail marketing padrão, não espere uma ótima taxa de abertura. É neste material que você tem que mostrar todo o diferencial do seu negócio, da linguagem aos recursos visuais, independente da estratégia que você escolheu seguir. Eu tenho vídeo e texto falando sobre isso! Dá uma olhada e crie seu posicionamento.

Organização, controle e transparência para ajustar o trabalho são parte essenciais da prospecção. Se você gostou do tema, compartilhe! Quer saber mais sobre o tema? Deixe seu comentário aqui ou fale comigo no perfil @elasonhaelafaz. É muito importante a sua opinião, estamos aqui para se ajudar!

Um beijo, tchau!

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

http://bit.ly/ListaDaPatri

fev 19, 2018

Tá na hora de conhecer o Marketing Olfativo!

Opa, tudo bom? Sua empresa tá precisando de uma ação que fidelize de vez seus clientes? Então tá na hora de conhecer o marketing olfativo! Vem comigo que eu vou mostrar este conceito.

O marketing como conceito aborda, fundamentalmente, o desejo de compra das pessoas. É com isso que alavancamos as vendas de um comércio, por exemplo. A partir desta questão, foram elaboradas diversas estratégias para fidelizar, ganhar mais clientes, estar na mente das pessoas, ganhar mercado ou ter uma marca respeitada na sociedade. E nada melhor do que atuar nos gatilhos que ativam os nossos desejos e emoções, pois são elas que nos impulsionam na hora de comprar. Dessa forma, podemos conquistamos o público e ultrapassarmos os obstáculos que a racionalidade acaba colocando do consumidor.

Com isso, eu vou mostrar para você uma forma muito eficaz, quando feito de forma apropriada ao seu empreendimento, de conquistar o seu público. Através dos sentidos, é possível induzir a pessoa a ter sensações boas e, consequentemente, melhorar a experiência com seu produto/serviço/loja. E neste caso, vamos falar do olfato e de como o marketing atua neste sentido.

O conceito já é trabalhado nos EUA desde a década de 70, nos cassinos de Las Vegas. A partir da década de 90, foi implantado aqui no Brasil. Marketing Olfativo nada mais é do que uma estratégia para compor a identidade da marca através do olfato e induzir uma melhor experiência do cliente. O indivíduo irá perceber as características de um empreendimento, pelos sentidos, mas muito mais pelo olfato, já que 33% das sensações são levados diretamente ao cérebro através do olfato (pesquisa da universidade Rockfeller, Nova York).

Sabendo disso, posso colocar como exemplo o cheirinho de pão quentinho saindo do forno. Quem nunca salivou ao passar em frente a uma padaria com este cheiro MARAVILHOSO? Pois é! Com este cheiro, remetemos às memórias, locais, pessoas, momentos… Daí se é construída parte da experiência do consumidor.

Cheirinho de pão - #elasonhaelafaz

Sentiu o cheirinho daí? Huuuummmm – fonte: padariachips.com.br

Partindo para as possibilidades de uso, você pode usar da estratégia para lembrança da marca, para fidelização, para reter o público no seu ponto de venda, para aumentar as vendas… São muitas possibilidades! Aí você pode pensar que esta técnica só tem efeito com alimentos. Porém, o marketing olfativo é usado em produtos de limpeza, carros, roupas, móveis… Praticamente todos os tipos de produtos e serviços utilizam do marketing olfativo para melhorar as vendas e a experiência do público.

Algumas dicas para você utilizar esta técnica:

  • Conheça muito bem o seu público (saiba seus gostos e hábitos)
  • Construa uma identidade com características bem definidas e alinhadas ao seu empreendimento e a necessidade do cliente;
  • Mais do que perfumar o ponto de venda, utilize o aroma para o público levar um pouco do seu negócio para a casa, aromatizando produtos;
  • Atuar com Marketing Olfativo significa fazer testes de aromas. Com o tempo, você achará a fragrância certa.
  • O aroma precisa conectar a filosofia do business com as emoções do cliente.

Com estas dicas, você pode conseguir a fragrância apropriada para o seu negócio! Mas, se você quiser mais profissionalismo no resultado do aroma, é possível contratar empresas ou profissionais que atuam diretamente com perfumes e Marketing Olfativo. No Brasil, já existem empresas especializadas na questão.

Avalie se esta é a melhor forma de alavancar sua empresa e estude o assunto! Aposto que será um conhecimento agregador para você.

Se você gostou do texto, não deixe de compartilhar! Você estará ajudando outras mulheres a obterem sucesso no empreendedorismo e estar inserida no universo #elasonhaelafaz. Comente aqui embaixo sobre dicas, sugestões de conteúdo ou dúvidas. Terei o maior prazer em ler!

Um beijo, tchau!

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

http://bit.ly/ListaDaPatri