ago 24, 2018

5 fatos sobre a carreira empreendedora que (talvez) combine com sua personalidade

Opa, tudo bom?

É mais que real a onda empreendedora que estamos pegando nestes últimos anos, não é mesmo? Abrir seu próprio negócio se tornou uma opção e estilo de vida para diversos profissionais, de diversas áreas. No entanto, a gente também sabe que ainda não há uma escola que teorize e ensine para as pessoas sobre a vida empreendedora.

Como aconteceu comigo, vamos aprendendo na vivência. Ainda existem pessoas que estão aprendendo desta forma, mas estamos evoluindo juntas e agora podemos compartilhar nossas experiências e mostrar como é viver uma carreira empreendedora.

Por isso, venho aqui compartilhar com vocês 5 fatos sobre a carreira empreendedora que (talvez) combine com sua personalidade. Com isso, você vai ter uma visão um pouco mais clara se esta é uma vida que combine com você ou não. Vamos lá?

Trabalho é o propósito de vida

Quem vive a carreira empreendedora, de certa forma, escolheu mesclar a sua vida pessoal com a vida profissional, já que seus desejos, vontades e aptidões serão inseridos no seu modo de trabalho. Com isso, as responsabilidades em relação ao trabalho também irão afetar sua vida pessoal. Pensar sobre novos projetos e o andamento das suas tarefas atuais será prioridade na sua vida, já que estará por contra própria nesta caminhada. Há quem não consiga viver desta forma, mas eu por exemplo tenho muita tranquilidade em viver desta forma há quase 10 anos.

Férias estará longe de você

Pois é. Enquanto seu empreendimento não se encontrar em um momento de MUITA estabilidade, por muito tempo, você precisará estar em atividade para manter seu sonho em constante realidade. Com isso, aquele tempo de férias certinho que você encontrava no trabalho de carteira assinada não existirá mais. Obviamente que se você precisar de um tempo de descanso, você pode ter. No entanto, o esforço para criar esta possibilidade é bem maior.

Você irá trabalhar com coisas que não fazia antes

Se o seu objetivo é trabalhar fazendo maquiagem, você vai precisar saber maquiar e tudo que envolve administração de empresa (finanças, burocracia, etc) e muita gente não se dá conta disso! As coisas não irão se desenvolver num passe de mágica, só porque você tem capacidade para maquiar, por exemplo. Por isso eu falo muito sobre outros assuntos aqui no site. Aliás, se você quer saber mais sobre carreira empreendedora, leia este e este texto. Mas continuando, empreender não significar apenas criar uma demanda para a sua mão de obra, mas sim que formar uma marca, que demanda mais do que mão de obra.

Se relacionar fará parte do seu trabalho

Se relacionar, quer dizer networking mesmo, com conversa a dois ou em grupo, trocar ideias, informações e experiências será um dos seus trabalhos. Posso dizer que este será um dos seus trabalhos mais importantes! Sabe o porquê? O mercado pede que você ser inovadora. E para isso acontecer, é necessário estar atenta ao que acontece no mercado que você atua, nas novidades que surgem, sejam elas qual forem. Tudo pode ser uma oportunidade para atender demandas novas, oferecendo soluções criativas. Portanto, se você acha que não leva muito jeito para se comunicar com as pessoas, eu recomendo o canal da minha querida amiga Gislene Isquierdo! Seu trabalho no Youtube pode ajudar você a se desenvolver pessoalmente.

Incertezas sobre o futuro será normal

Para terminar, vou trazer aqui uma realidade que pode ser ruim ou bom, dependendo do ponto de vista de cada um. A gente tem uma ideia de que trabalhar no formato carteira assinada te dá uma grande estabilidade. No entanto, isso não é de toda verdade e acho que você sabe disso, né? Ainda mais agora com inúmeras transformações no mundo, que afetam o trabalho de todos. Agora caso o seu desejo seja viver uma carreira empreendedora, este sentimento de “estabilidade” vai ser substituída por uma sensação de incerteza sobre quanto você vai receber nos próximos meses, se haverá venda suficiente, se seu negócio estará na ativa… Tudo isso toma conta da sua mente, se não tiver inteligência emocional.

Esta sensação, para algumas pessoas, e eu me incluo neste grupo, se sente impulsionada por estes pensamentos. Encontramos aí um impulso para criarmos mais e desenvolver nosso business. Mas também tem o outro lado, as pessoas que não consegue lidar com pensamentos como estes e isto reflete em baixa produtividade. Isso é muito importante, pois é aí que vemos de forma mais clara se você tem personalidade que se alinha à vida empreendedora ou não.

Bom, espero que este texto tenha esclarecimento mais sua mente e que motive a fazer o que realmente for bom para você! Compartilhe este texto com mais pessoas e ajude-as a encontrar um propósito profissional.

Um beijo, tchau!

 

Deixe seu comentário!