Arquivos da tag: e-commerce

fev 18, 2019

Como fazer o controle de estoque?

Opa, tudo bem?

Hoje eu vim falar de algo que é bem simples de ser aplicado no seu empreendimento, mas raramente é dada a devida atenção.

Quando a gente fala de estoque, a gente não vê muita organização e gestão, principalmente nas pequenas empresas.

Mas saber como fazer o controle de estoque é importante e ajuda outras partes do seu negócio com informações.

Agora me diz uma coisa: você sabe para que serve o controle de estoque?

Vou te explicar: O controle de estoque serve para que você tenha maior conhecimento da quantidade de estoque que você tem, o que evita escassez ou excessos, também ajuda a saber quanto dinheiro vale cada parte do estoque e também auxilia na administração financeira, além do espaço físico do seu negócio.

Quando não realizamos um controle, podemos fazer gastos desnecessários com estoque, não se dar conta de desvios, ficar com falta de produtos e até mesmo um lucro inapropriado para o seu negócio.

Agora que você sabe da importância do controle do estoque, vamos descobrir como aplicar no seu negócio.

É um trabalho simples. Primeiramente, você precisa montar uma ficha de estoque, classificando cada tipo de produto por quantidade, o custo unitário e o custo total das mercadorias/produtos vendidos. Vou deixar dois modelos aqui e aqui para você usar.

Caso, tenha um parceiro na área financeira, é mais eficiente que delegue esta função para ele.

Após montar a ficha, é importante apurar os dados que você tem periodicamente. Escolha uma frequência para isso e compare o saldo apurado com o estoque físico do negócio.

Esta apuração ajuda você a saber como está o andamento do seu negócio, quando vai precisar repor o estoque, quando saber a quantidade necessária para repor, quando não comprar, etc.

Com a ficha também é possível estabelecer um custo unitário para os seus produtos, custo total do estoque e o saldo em quantidade.

Informar a movimentação do estoque também é importante para que você tenha maior segurança no dia-a-dia do seu negócio. Monitorar este fluxo de entradas e saídas te coloca no controle e também te dá maior conhecimento do que está acontecendo.

Dados como dia e hora de saída e entrada de produtos, quem foi o responsável pelas entradas e saídas e requisições de saídas são informações que fornecem um maior esclarecimento sobre o estoque do seu negócio. Sua equipe também fica melhor monitorada e todos podem se organizar e trabalhar com mais eficiência.

Outro ponto interessante é a relação entre o controle de estoque e o capital de giro. Com este controle, o gestor pode calcular o giro das mercadorias. Ou seja, encontrar uma média de movimentação de produtos na empresa. Com este dado, podemos ajustar o capital de giro para que tenhamos o montante mais adequado ao seu negócio.

Agora você não tem desculpa quando encontrar seu estoque lotado ou vazio. Aplicar o controle de estoque é muito simples e pode livrar seu negócio de muitos problemas!

E aí, curtiu? Então compartilha este texto com suas amigas, sua família, com aquela pessoa que você lembrou! Vai ajudar todos com isso. ?

Um beijo, tchau!

ago 28, 2018

Como usar o whatsapp como canal de venda

Opa, tudo bom?

Quando pensamos em e-commerce, temos em mente um site como canal de venda, não é mesmo? Porém, temos outros canais de vendas que podem ser tão bons quanto um site.

Hoje eu vou mostrar como usar o whatsapp como canal de venda. Vamos lá?

Primeiramente, é preciso entender que o whatsapp é um aplicativo de mensagens instantâneas. Quer dizer que as pessoas irão entrar em contato em diversos horários e esperam que sejam atendidas de forma ágil. Então, se você não possui tempo para isso, delegue esta função para alguém que tenha desenvolvimento em atendimento comercial e tenha tempo disponível.

Outro ponto importante é estabelecer, de forma clara, um horário de atendimento. Dizer aos clientes que a partir de certo horário o atendimento não irá ser feito é um meio transparente de se relacionar com eles. Isso é muito importante em qualquer forma de comunicação.

A participação deste aplicativo no cotidiano das pessoas é muito forte. O E-Commerce Brasil e o Sebrae, em 2016, realizaram uma pesquisa e constataram que 35% das vendas online são fechadas via whatsapp e 50% dos E-Commerces brasileiros usam o whatsapp como canal de atendimento pré e pós-venda.

Bom, agora que já sabemos do que se trata o whatsapp e sua participação no mercado, vamos ver como que este aplicativo funciona a favor do seu negócio. Vamos mencionar funcionalidades supondo que você já saiba a base do aplicativo (envio de mensagens e compartilhamento de audiovisual).

Lista de transmissão

É um recurso valioso para organizar a sua comunicação e seus respectivos ouvintes recebam somente o que lhe interessam. Esta função possibilita organizar contatos em agrupamentos e enviar mensagens como se fosse um disparo automático de email. É uma forma de otimizar seu tempo e o relacionamento com sua marca. Nesta função, é fundamental a organização com seus contatos!

Interface no seu notebook ou desktop

É possível usar o whatsapp no seu notebook ou desktop! Assim, você não precisa ficar pegando o celular o tempo todo, basta ir até a aba do site, no seu navegador. Basta acessar este link e captar o QR code para vincular seu número de contato com o navegador. Simples, né? O recurso possui todas as funções que você já tem no seu celular, como compartilhamento de mídia, lista de transmissões, etc. Para quem trabalha online e também é responsável pelo comercial, é uma praticidade enorme!

Stories no Whatsapp

Assim como no Instagram e no Facebook, o Whatsapp também possui o recurso stories, onde é possível compartilhar imagens que ficam ativas em até 24h. Como forma de manter uma presença próxima do público, é um recurso bem valioso. Além disso, como o uso do aplicativo está cada vez mais inserido na sociedade, acaba sendo um ótimo canal de propaganda. No entanto, somente quem possui seu contato pode ver as histórias. Então aconselho investir em outros canais para captar novos contatos para prospecção, pré e pós-venda.

Como usar o whatsapp como canal de vendas? - #elasonhaelafaz

Leve conteúdo relevante para os seus contatos

Como você já sabe, o aplicativo permite que você compartilhe imagens, vídeos, áudios, arquivos de texto e ligações de voz ou vídeos. Por isso, é importante que você construa um canal relevante para os seus contatos através de conteúdo relacionado ao seu negócio. Por exemplo, se o seu business está no mercado turístico, invista e conteúdo sobre o local que você trabalha, pontos que agreguem mais valor ao seu empreendimento. Se você trabalha com doces e bolos, compartilhar inspirações para decorações de festa ou temas. Sempre estudando o gosto do seu público para levar relevância para o seu canal de comunicação.

Perfil para negócios

O whatsapp business foi criado para atender negócios que usam o whatsapp como canal comercial. Por isso, ele fornece mais recursos como classificação dos contatos por etiqueta, organizando seu público e otimizando sua comunicação, uma descrição do seu perfil mais alinhado para o seu negócio, com horário de funcionamento, endereço, e-mail e site; mensagens automatizadas para agilizar o seu contato e estatísticas do fluxo de mensagens. Tudo isso para você ter uma visão mais ampla do esforço de comunicação e sua atuação no setor comercial.

Depois destes pontos, me diz uma coisa: Vai usar o whatsapp como canal de venda do seu negócio?

Se gostou do texto, compartilhe para ajudar mais pessoas a realizarem o sonho de abrir seu próprio negócio. Comente aqui embaixo sobre mais dicas com o whatsapp, experiências e sugestões de conteúdo.

Um beijo, tchau!

jan 9, 2018

ATRAIA MAIS CLIENTES PARA SEU E-COMMERCE

Opa! Tudo bom? Você possui um e-commerce, mas não sabe como atrair seus clientes? Hoje eu venho para dar algumas dicas para que você atraia mais clientes para seu e-commerce. Espero que goste!

As plataformas digitais de vendas estão ganhando cada vez mais espaço na preferência da população brasileira, sobretudo com os mais jovens. Isso é resultado de um espaço prático e rápido para apresentação e conversão de vendas dos produtos oferecidos. Tudo isso em um ambiente confortável e seguro. Mas ainda com todos estes benefícios, seu e-commerce pode não alcançar as metas estabelecidas e entrar em queda de vendas. Por isso, vou te dar algumas dicas para atrair seus clientes.

Atraia mais clientes para seu e-commerce! - #elasonhaelafaz

Atraia mais clientes para seu e-commerce!

  • Conheça seu público:

As plataformas mudam, mas este conceito dificilmente irá mudar. Seja como for o seu negócio, é preciso conhecer seu público. Pesquise sobre como eles buscam por produtos e serviços, do que eles gostam e como eles chegam até você (via pesquisa, redes sociais, sugestões). Alinhe seu e-commerce com estas preferências e assim, será muito mais fácil do público ir até você.

  • Saiba o que o cliente gosta ou não na sua plataforma:

Você conseguiu alinhar as preferências do cliente com a sua plataforma e ele chegou até você, mas por algum motivo ele não ficou muito tempo no seu site. Pode ser que a plataforma não esteja agradável para ele! Isso quer dizer que você precisa melhorar o ambiente para que seu público navegue pelo site sem grandes dificuldades. O Google Analytics é uma ferramenta que fornece parâmetros precisos para observar o tráfego do seu site.

  • Trate o SEO como um processo:

O sistema de otimização dos motores de busca precisa ser tratado como um processo. Significa que você ou o colaborador que está responsável por isso precisa sempre trabalhar para aperfeiçoar as páginas da sua plataforma para que seja mais fácil encontrar seu e-commerce na web. Observe como você usa as palavras-chave no texto e na meta-descrição da página, além das boas práticas de leitura da página.

  • Posicionamento é fundamental:

Assim como eu havia dito neste post, é muito importante que seu negócio tenha um bom posicionamento de mercado, sobretudo quando seu negócio é um e-commerce. Na web, a competitividade é maior e se posicionar significa ser notada em um mar de marcas que investem para também serem vistas. Por isso, tenha um bom posicionamento para que você se torne uma marca autêntica.

Observe o que a sua marca e plataforma precisam para ganhar ainda mais clientes e não perca tempo em mudar o que deve ser mudado. Após as mudanças, analise os resultados e, se for necessário, revise e mude novamente. O importante é tornar a plataforma o mais agradável possível para o cliente. Espero que tenha gostado! Se você quiser saber mais sobre empreendedorismo, assista aos vídeos do meu canal do Youtube e assine a newsletter do site. Você receberá conteúdo valioso para crescer ainda mais e conhecer o movimento #elasonhaelafaz.

 

Um beijo, Tchau!