jul 16, 2018

você pode aplicar o capital de giro no negócio?

Opa! Tudo bom?

Quando o assunto é abrir o próprio negócio, muitas perguntas surgem e, consequentemente, várias dúvidas aparecem, não é mesmo? Mas, como boa amante da mão na massa e acredito que você também seja, vamos realizando enquanto aprendemos. Mas quando o assunto é finanças, não podemos dar o luxo de ir aprendendo com os erros!

Por isso, para que você possa começar seu empreendimento sem perder dinheiro, vou explicar como você pode aplicar o capital de giro no negócio. Vamos lá?

Pra começar, que negócio é esse de capital de giro, Patricia?

É um montante de dinheiro reservado para o período de tempo entre o pagamento dos seus fornecedores e a compra do seu produto/serviço. Os custos além dos fornecedores virão e seu empreendimento precisa estar preparada para cobri-los. Afinal, dinheiro não cai em árvore!

Um ponto muito importante é que para que você comece a formar o capital de giro, é necessário que o controle financeiro do seu negócio esteja em dia! Tem texto falando sobre isso aqui e aqui. Sabendo disso, agora devemos calcular quando precisamos e por quanto tempo vai durar este período até entrar mais dinheiro no caixa.

Mas calma! Saber isso é mais simples do que você pensa.

Para aplicar o capital de giro no negócio, vamos dar uma olhada no prazo que você tem para pagar suas contas. Por exemplo, você deve ter uma parte com 30 dias de prazo e outra parte com 20 dias. Tirando a média, você tem 25 dias de prazo médio das contas a pagar.

Depois disso, vamos ver como você recebe dinheiro das vendas. Existe um prazo para que seus clientes te paguem? Como funciona isso no seu negócio? Por exemplo, sua empresa tem metade dos recebimentos recebidos à vista e outra metade com 30 dias de prazo. Faremos, então, uma média entre estes prazos, que neste caso dá 15 dias de prazo médio de recebimento dos clientes.

Agora podemos saber o período de tempo que o capital de giro deve cobrir seu negócio. Basta encontrarmos a diferença entre o prazo médio de pagamento e o de recebimento, que neste exemplo deu 10 dias.

Agora você tem uma noção da média de tempo que seu negócio fica sem dinheiro girando para poder cobrir seus custos. Falando em custos, ainda falta saber quanto você precisa para cobrir estes 10 dias sem capital e aplicar o capital de giro no negócio.

Começando pelos custos fixos, quais o seu empreendimento possui? Aluguel, conta de água, luz, telefone, internet… Veja quais são os custos que sempre virão e some estes valores. Assim, você terá o custo fixo mensal.

Depois, vamos ver os custos variáveis. Estes são os custos que dependem do movimento do seu negócio, como matéria-prima, impostos de vendas, entre outros. Faça uma estimativa destes gastos.

Agora que você sabe quanto o seu negócio tem de custo fixo e variável, faça uma média diária com a soma destes custos. Quanto por dia sua empresa precisa para manter estes custos pagos? Conseguiu saber? Ótimo! Agora você vai multiplicar este valor diário pelo número de dias do prazo médio de capital, que vimos anteriormente, lembra?

E agora, Patricia. Eu sei quanto é o meu capital de giro?

Falta pouco! Para aplicar o capital de giro no negócio e funcionar e trabalhar bem, precisa ter um estoque mínimo não é mesmo? Imagina se seu estoque acaba antes do previsto? Como você vai vender? Para isso não acontecer, estabeleça o estoque mínimo para que seu empreendimento funcione bem e veja o quanto isso irá te custar. Depois de descoberto o valor, some com a média diária e aí sim você terá o seu capital de giro!

Com estes dados, você terá mais tranquilidade para lidar com os momentos em que não há entrada de dinheiro no caixa e continuar atuando com o que mais gosta! É importante que você continue mantendo o seu controle financeiro em dia para que possa ajustar o capital de giro de acordo com a atividade do seu negócio. Tenho certeza que isso será de grande ajuda para o crescimento do seu sonho!

E aí, gostou do conteúdo? Compartilhe com outras pessoas. Elas podem gostar tanto quanto você! Tem alguma dica ou sugestão? Comente aqui embaixo que terei o prazer em ler!

Um beijo, tchau!

*****

Assine a newsletter e receba informações valiosas

sobre empreendedorismo e tudo que envolve o universo #elasonhaelafaz.

http://bit.ly/ListaDaPatri

Deixe seu comentário!